Edital da PF será retificados até terça; prazo será reaberto à todos

Edital da PF será retificados até terça; prazo será reaberto à todos

A seleção foi suspensa pelo STF em julho do ano passado, por não ter vagas reservadas a pessoas com deficiência

Serão divulgados nos próximos dias os editais de retificação para a retomada do concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de escrivão (350 vagas), delegado (150) e perito (100). Na última quarta-feira, dia 24, o departamento ratificou, por meio da sua Assessoria de Imprensa, que a publicação dos documentos ocorrerá até a próxima terça, dia 30. As inscrições no concurso serão reabertas a todos os interessados em participar. As provas objetivas e discursivas estão previstas para julho, em todas as capitais.

A seleção foi suspensa pelo STF em julho do ano passado, por não ter vagas reservadas a pessoas com deficiência, até que sejam retificados os editais para a inclusão da cota. Recentemente, a ministra Cármen Lúcia, que é a relatora do caso, confirmou a decisão e esclareceu que os deficientes concorrerão em igualdade de condições com os demais candidatos. O novo prazo de inscrições só deverá ser informado nos editais de retificação. Segundo a PF, aqueles que já haviam se candidato poderão escolher entre continuar na seleção ou solicitar a devolução do valor da taxa de inscrição. Eles também poderão alterar a opção de local de prova e alterar a inscrição para concorrer às vagas para deficientes, se for o caso.

O requisito básico para o cargo de escrivão, cuja remuneração inicial é de R$7.887,33 (incluindo o auxílio-alimentação, de R$373), é o ensino superior completo em qualquer área, além da carteira de habilitação, na categoria B ou superior. Para delegado, é necessário possuir o bacharelado em Direito, e para perito, a formação superior em uma das áreas relacionadas no edital para o cargo. Para ambos, a habilitação também é exigida. Os iniciais de delegado e perito são de R$14.410,11 (também com o auxílio).

Novo concurso ? A PF também deverá receber autorização em breve para a realização do novo concurso programado para este ano. Foram pedidas 1.200 vagas, sendo 600 de agente (com requisitos e remuneração iguais aos de escrivão), 450 de escrivão e 150 de delegado. Porém, o mais provável é que inicialmente seja liberado apenas o concurso de agente, já que para os demais existe seleção em vigor.

Fonte: Folha Dirigida