Edital do concurso dos Correios pode sair até segunda-feira (31)

Ganhos iniciais são de, pelo menos, R$2.592,46

O edital do concurso dos Correios com 2 mil vagas pode sair até segunda-feira (31). Em entrevista à Folha Dirigida, uma fonte ligada à preparação do concurso dos Correios, a contratação da organizadora ainda está em análise no setor de contratos e existe a possibilidade que o edital seja publicado até segunda (31), como havia sido divulgado inicialmente.

"Ainda existe possibilidade. Definida a organizadora, a publicação do edital é ato contínuo”, afirmou a fonte.Mesmo que o edital não seja divulgado dentro da previsão, o esperado é que até a próxima segunda sejam divulgados os demais detalhes, conforme a empresa anunciou no fim de julho. O que já foi informado é que a seleção será para cerca de 2 mil vagas de agente, de nível médio, nas atividades de carteiro e operador de triagem e transbordo. Os ganhos iniciais são de, pelo menos, R$2.592,46 e R$2.255,96 mensais, respectivamente, mas podem chegar a R$3 mil aproximadamente, com a inclusão de benefícios e adicionais", disse em entrevista ao site.

As vagas serão distribuídas pelos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, além do Distrito Federal.

Os demais não serão incluídos por ainda contarem com cadastro de reserva do último concurso (2011).A seleção contará com 10% das vagas reservadas a pessoas com deficiência e 20% a pessoas pretas ou pardas. Os candidatos passarão por provas de conhecimento, realização do teste de esforço e, posteriormente, pelo exame médico admissional.O salário inicial para os operadores de triagem e transbordo, somado à gratificação (GIP), chega a R$ 1.284,00.

No caso dos carteiros, soma-se ainda o adicional de distribuição, elevando a remuneração para R$ 1.620,50.Além disso, os admitidos terão benefícios como vale alimentação/refeição (de R$ 971,96 a R$ 1.092,48), vale-transporte, auxílio-creche ou auxílio babá, além de adicionais - de acordo com o Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) - e a possibilidade de adesão ao Plano de Previdência Complementar.

Fonte: iBahia