Edital do TCU depende de ação que pede cota para negros

o assunto também esta sendo analisado pela consultoria jurídica do TCU

A realização do concurso público do Tribunal de Contas da União (TCU), autorizado em 7 de julho, ainda depende de decisão sobre uma ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). O motivo é a necessidade de avaliar se  o concurso deve incluir reserva de 20% das vagas para negros, em obediência à lei 12.990, de 9 de junho de 2014.

Segundo informações obtidas junto a responsáveis pelo concurso, no próprio TCU, o assunto também esta sendo analisado pela consultoria jurídica do TCU e a expectativa é de que haja uma decisão do Supremo em agosto, para que o edital possa ser publicado ainda em 2014.


Serão de 30 vagas, sendo 12 para o cargo de auditor federal de controle interno (AUFC), especialidade apoio técnico administrativo (ATA), sendo 10 para a área de orientação de tecnologia da informação e 2 para orientação de biblioteconomia. As 18 vagas restantes são para a carreira de técnico federal de controle externo (TEFC), na especialidade apoio técnico administrativo (ATA), orientação técnica administrativa.

Para concorrer ao cargo de auditor é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área e para os técnicos, ensino médio. No caso de auditor, a remuneração inicial é de R$ 15.322,60, com reajuste previsto para 2015, quando passará a ser de R$ 16.660,27.

A  carreira conta com 13 padrões de vencimentos durante o exercício, que garantem melhorias salariais. Desta forma, no último, em final de carreira, o servidor veterano atualmente recebe R$ 21.962,54, passando para R$ 23.879,88 em 2015. No caso dos técnicos, o inicial é de R$ 8.844,30, passando para R$ 9.616,42 em 2015. No final da carreira, no padrão 13, a remuneração é de R$ 12.346,57, passando para R$ 13.424,44 em 2015.

As vagas de auditor serão somente para o Distrito Federal e as de técnico serão para São Paulo (1), Distrito Federal (1), Acre (1), Amazonas (1), Maranhão (1), Mato Grosso (1) e Pernambuco (1).

O último concurso para auditor do TCU ocorreu em 2013 e foi organizado pelo Cespe/UnB. As oportunidades foram para a área de auditoria governamental. A prova contou com 100 itens de conhecimentos  básicos e 100 de conhecimentos  específicos, além de prova discursiva das duas áreas.

No caso de técnico, o último concurso ocorreu em 2012, na área de auditoria governamental. A organizadora também foi o Cespe/UnB e a seleção também contou com 100 itens de conhecimentos básicos, 100 de conhecimentos específicos e provas discursivas das duas áreas.

Fonte: PCI concursos