Estagiário ganha, em média, R$ 859 no Brasil, aponta pesquisa feita pelo Nube

A análise mostrou que o reajuste das bolsas ficou bem acima da inflação, que terminou o ano com alta de 5,91%.

O valor da bolsa-auxílio paga para estagiários no Brasil registrou aumento de 12% em 2013 na comparação com a média de 2012. No ano passado, os estudantes receberam cerca de R$ 859,45 ao mês, segundo estudo apresentado pelo Nube (Núcleo Brasileiro de Estágios) na segunda-feira (20). A análise mostrou que o reajuste das bolsas ficou bem acima da inflação, que terminou o ano com alta de 5,91%.

Estagiários cursando nível superior tiveram os maiores reajustes. Na comparação ano a ano, eles receberam cerca de R$ 964,81 frente ao pagamento médio de R$ 879,14. Os tecnólogos ganharam R$ 884 ante R$ 821,78. Estudantes de cursos de ensino médio técnico tiveram reajuste de R$ 623,35 para R$ 670,69. No ensino médio, a bolsa-auxílio passou de R$ 486,94 para R$ 513,73.

Yolanda Brandão, coordenadora de treinamento do Nube, ressaltou que o aumento dos rendimentos dos estagiários acompanhou o momento positivo do mercado de trabalho no País.

?Apesar da queda registrada em 2013, o Brasil ainda vive um bom momento quando falamos de emprego. As empresas estão contratando e nós percebemos que os estagiários são procurados porque o grande problema do mercado é a falta de mão de obra qualificada. Para formar um profissional com qualificação adequada, as empresas acabam investindo em programas com bolsas-auxílio maiores.

Maiores bolsas

A liderança do ranking das profissões de nível superior que pagam mais para manter os estagiários ficou com o curso de agronomia (R$ 1.948,94). Segundo a especialista do Nube, a bolsados estudantes de agronomia não é uma surpresa.

? A agricultura corresponde a 23% da riqueza produzida no País. Embora o emprego tenha caído neste setor, a oferta de vagas de cursos de agronomia não cresceu e a área ainda precisa de profissionais qualificados.

Os cursos de economia e física seguem, respectivamente, em segundo e terceiro lugar, com bolsa média de R$ 1.370,26 e R$ 1.360,83.

Entre os tecnólogos, a área da construção civil é a que possui a bolsa mais atraente, com o valor de R$ 1.240,65. Já quem faz secretariado recebe R$ 1.112,78.Já os alunos da área de polímeros ? plásticos, mantiveram média mensal de R$ 1.071,86.

Dentre os alunos do ensino médio, eletrotécnica gera uma média nas bolsas-auxílio de R$ 817,50. Após vem segurança do trabalho, com R$ 815,44, e automação industrial, com R$ 812,37.

A pesquisa do Nube contou com a participação de 23 mil estagiários de diferentes níveis.

Fonte: r7