Estudar para o concurso certo é enxergar a oportunidade certa

Para prosperar é necessário saber enxergar as oportunidades.

Sempre que tenho oportunidade de conversar com meus alunos, introduzo o tema concurso público com uma pergunta simples: “o que você pensa sobre o futuro?”. A resposta é quase sempre a mesma: “eu almejo estabilidade e uma boa remuneração!”.

Pensar assim está certo. Porém, antes disso, é preciso ter em mente que não basta querer. Para esse projeto prosperar é necessário saber enxergar as oportunidades que estão acontecendo. Estou tocando nesse assunto porque o senso comum do tolo diz que o ano de 2015 está horrível e que tudo parece estar acabado, quando, na verdade, estamos diante de uma grande oportunidade de mudar de vida.

O ano realmente está aquém das expectativas, em termos de abertura de concursos, mas é aqui que está o verdadeiro pote de ouro. Isso porque, quando muitos estão simplesmente parando de estudar, um seleto grupo de pessoas sensatas está usando o ano para se preparar.

E posso afirmar: o ano de 2015 não é um ano de vitória em aprovação; é o ano de vitória em preparação.

O concurso público está regulamentado pelo art. 37, inciso II da Constituição Federal, de 1998, e não vai acabar, ou seja, se você tem um ano ruim, consequentemente, o próximo ano será recheado de concursos.

Conclusão 

Estudar certo não é somente ter as melhores técnicas, os melhores livros e os melhores professores. Estudar certo é saber enxergar, em um ano com poucos concursos, a oportunidade de pular na frente, em termos de preparação, e ter paciência para que sua preparação intensa encontre a oportunidade. A minha dica é: aproveite o ano para se preparar, como se o edital já estivesse aberto, pois, na prática, isso é o que fará o seu sucesso. A pergunta nunca deve estar centrada em quando o edital vai sair, e sim se quando o edital sair você estará preparado para passar!

Evandro Guedes, CEO da AlfaCon Concursos Públicos.

Fonte: Com informações do JC