Exército brasileiro adota mulheres no curso para sargento de música

Exército brasileiro adota mulheres no curso para sargento de música

De diferentes lugares do Brasil, elas têm entre 19 e 26 anos. Inserção do segmento feminino é prevista em novas áreas do Exército.

Elas tinham a carreira militar como um sonho, mas foi na harmonia que encontraram a inspiração. Seis jovens, entre 19 e 26 anos, formam o primeiro grupo de mulheres a ingressar no curso de formação de sargento de música do Exército. ?Foi perfeito: música e carreira militar. Era tudo o que eu queria?, comemorou Flavia Monica, de 19 anos, de São João del-Rei, em Minas Gerais.

Segundo o Capitão Botelho, da Diretoria de Educação Técnica Militar, a decisão para incluir mulheres na qualificação militar de sargento músico ocorreu no concurso de admissão de 2013, feito para o curso de formação de sargentos de 2014 e 2015.

"No Exército Brasileiro, existe a previsão de inserção do segmento feminino em novas áreas, fato esse que foi adiantado para a qualificação militar de sargento músico", explicou o capitão.

?É uma novidade para a Força, a partir dessa nova sistemática do ensino da formação de sargento. É importante, pois abre as portas para mais um caminho das mulheres dentro da Força?, declarou o Major Libano, do 1º Grupo de Artilharia Antiaérea.

Elas prestaram o concurso em outubro de 2013, mas chegaram à sua nova residência, na Vila Militar, em Deodoro, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no dia 21 de abril.

?Meu tio é sargento. Ele que me informou que seria a primeira vez que uma mulher poderia fazer o concurso. Fico muito orgulhosa de abrir o trabalho na banda?, afirmou Caroline Gonze, de 22 anos, de Bicas, em Minas.

Joyce Santos, de 26 anos, estuda música desde os cinco e escolheu tocar flauta para seguir na área militar. ?Eu vivo uma relação intensa com a música. É a minha vida?, contou a única jovem da turma nascida no Rio de Janeiro.

?Eu sempre gostei muito de sax, tenho um tio músico. [Minha relação com a música] começou aos 15 anos, são 11 anos de música, 11 anos de sax. Todo o meu cotidiano é com a música, é ao redor da música. Se parar, para a vida também?, disse Bianca Cardoso, de 26 anos, de São Luís, no Maranhão.

Ana Diniz toca trompete e soube do concurso por meio de amigos que têm na banda sinfônica do Exército. ?Sinto responsabilidade de fazer um trabalho bem feito?, contou a jovem de 21 anos que morava em Itu, no interior de São Paulo.

Estefani de Freitas, de 23 anos, dava aulas de música em Criciúma, em Santa Catarina. Ela escolheu o trombone para compor a banda do Exército, mas também tem experiência com sax. ?Estou muito orgulhosa de mim?, admitiu, após a aprovação no concurso.

O primeiro concurso de admissão para a qualificação militar de sargento músico foi feito em 2005 para o curso com início em 2006.

"Anualmente, a abertura de vagas nessa área ocorre de acordo com as necessidades do Exército Brasileiro. Neste ano, o período de inscrição para o concurso de admissão iniciou-se em 12 de maio e terminará em 14 de julho", concluiu o capitão Botelho. Os interessados podem acessar a página do concurso para mais informações.

Fonte: G1