Funasa lança novo processo seletivo com 336 vagas de nível superior

As oportunidades são para engenharia de saúde pública, em três especialidades.

A Fundação Nacional da Saúde (Funasa) lançou nesta terça-feira (17/9), no Diário Oficial da União, seu novo edital de abertura. De acordo com o documento, são 336 vagas de nível superior, em diversas áreas. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora.

As oportunidades são para engenharia de saúde pública, em três especialidades. A primeira, com 264 chances, exige graduação em engenharia civil, sanitária ou sanitária e ambiental para concorrer. A remuneração é de R$ 8,3 mil em jornada de 40 horas por semana de trabalho.

Já à segunda especialidade podem concorrer graduados em geologia. O salário é de R$ 6,1 mil. E a terceira especialidade é em administração, economia e ciências contábeis. O vencimento é o mesmo da segunda especialidade.

Na seleção, haverá prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório, na data provável de 24 de novembro, em todas as 26 capitais brasileiras e no Distrito Federal. A previsão para divulgação do gabarito, segundo o edital, é em 26 de novembro.

Os conhecimentos básicos exigidos serão de língua portuguesa, língua inglesa (exceto para a terceira especialidade), noções de informática, de direito administrativo, noções de direito constitucional e raciocínio lógico. Já os conhecimentos específicos serão de

controle da administração pública, contabilidade, matemática financeira, entre outros. A lotação dos aprovados será em todos os estados brasileiros. Só no DF, por exemplo, são 30 oportunidades.

Interessados poderão se inscrever entre 23 de setembro e 7 de outubro, pelo site da banca - www.cespe.unb.br/concursos/funasa_13. A taxa custa R$ 70. Cinco por cento das vagas são destinadas a candidatos com deficiência,

Segundo o edital, a duração do contrato será de acordo com a Lei nº 8.745/1993, ou seja, um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de cinco anos.

Fonte: Correio Web