Governo autoriza 1.276 vagas para o Ministério da Saúde

Preenchimento está condicionado à extinção de cargos temporários

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão autorizou por meio da portaria 185, publicada nesta sexta-feira (10) no "Diário Oficial da União", concurso público para 1.276 vagas no quadro permanente do Ministério da Saúde.

São 150 vagas de analista técnico-administrativo no Plano Geral de Cargos do Poder Executivo (PGPE) e as demais na Carreira de Previdência, Saúde e Trabalho (CPST). As vagas são para a sede, em Brasília (DF), e para núcleos estaduais do ministério.

Dentre as vagas na CPST, há cargos de administrador (184 vagas); arquiteto (5); arquivista (50); assistente social (29); bibliotecário (8); contador (85); engenheiro (17); estatístico (8); farmacêutico (2); fonoaudiólogo (19); médico (531); psicólogo (30); químico (4); sanitarista (25); técnico em assuntos educionais (25); técnico em comunicação social (21); técnico em contabilidade (72); e terapeuta ocupacional (11).

O edital prevê que o preenchimento das vagas ocorra a partir de dezembro deste ano e informa que está condicionado à existência de vagas, substituição de terceirizados e à extinção de 1.336 postos terceirizados.

Fonte: g1, www.g1.com.br