Hildeth revela déficit no número de defensores e cobra concurso

Nesta discussão, a representante cita que o déficit no número de profissionais é o mais grave empecilho, alardeando para a necessidade da realização de um concurso público

Nomeada oficialmente pelo governador Wellington Dias (PT) em solenidade no Palácio de Karnak, na manhã de ontem, a nova defensora pública geral Hildeth Evangelista revelou os desafios que terá na ocupação, dentre elas, está a ampliação da atuação da Defensoria Pública do Estado, tendo em vista que atualmente o órgão consegue atender apenas 25 comarcas.

Nesta discussão, a representante cita que o déficit no número de profissionais é o mais grave empecilho, alardeando para a necessidade da realização de um concurso público.

"Atualmente temos 105 defensores, mas não é suficiente, das 93 comarcas conseguimos atender 25, as outras são atendidas por meio da Defensoria Itinerante, portanto, é necessário fazer um concurso para dobrar o número de defensores atuando no Piauí", disse.

A cobrança é antiga e era pautada também por Norma Lavenère, que repassou o comando da DPE-PI para Evangelista, em entrevista concedida ao Jornal Meio Norte em novembro passado, a defensora havia alertado para as dificuldades enfrentadas com o quadro.

"Existe um déficit imenso, ocupamos apenas 30% dos cargos vagos de defensor, deveriam ser 556 defensores, então é um Estado imenso e com uma Defensoria pequena", disse.

CONFIANÇA - Na cerimônia de nomeação, Hildeth Evangelista agradeceu a escolha dos companheiros e do Chefe do Executivo e frisou a importância da participação da população na busca pelo crescimento do órgão. "Espero poder contar com a sociedade, por meio de suas diversas e legítimas representações.

Gostaria de desenvolver uma gestão democrática e transparente", impôs. Já o governador Wellington Dias demonstrou confiança no trabalho da defensora, ressaltando o desejo de que todos os problemas sejam resolvidos na nova gestão. "Espero que Hildeth possa colocar a casa em ordem; tenho confiança nela e acredito que, assim como eu, ela vai cuidar do social, isso é o fundamental", finalizou.

 

Fonte: Francy Teixeira