Homologada por unanimidade concurso do Tribunal de Justiça do PI

A sessão plenária com os desembargadores ocorreu nesta quinta-feira

Em sessão plenária realizada na manha desta quinta-feira (30), os desembargadores do Tribunal de Justiça (TJ) do Piauí, homologaram por unanimidade o concurso público do órgão realizado em dezembro do ano passado onde foram ofertadas 180 vagas.

A Resolução de homologação do concurso deverá acontecer até a próxima semana e depois disso o Tribunal poderá convocar os aprovados para ocupar as vagas de acordo com a necessidade do órgão e obedecendo o prazo do concurso.

O concurso foi executado pela Fundação Getúlio Vargas que divulgou o resultado premiliar e o gabarito oficial em 30 março. Um total de 42 mil pessoas se inscrevaram e destes 38 mil fizeram as provas.

Na realização do certame, cinco candidatos foram presos acusados de  de tentar fraudar o seletivo usando telefone celular com gabarito das provas. Na ocasião foi detido um adolescente de 17 anos. Evelyn Mariane Oliveira Ferreira, Francisco Ivanderson Alves da Silva, Wallace Araújo Reis e Bárbara Brenalle Teles de Oliveira foram presos em flagrante com aparelhos celulares durante as provas. 

Por conta da tentativa de fraude, muitas polêmicas e denúncias aconteceram. Uma candidata identificada como Hellen Galeno, que concorria a um cargo de Analista Judicial e Oficial de Justiça, no concurso do Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI), chegou a dizer que teria sido eliminada do certame pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), com a justificativa de ter fraudado o concurso, mas, segundo ela, nunca foi ouvida, nem chamada pela Polícia Civil para prestar qualquer tipo de esclarecimente.


Tribunal de Justiça do Piauí
Tribunal de Justiça do Piauí


Fonte: Portal MN