IBGE: edital para seleção com 600 vagas deve sair até outubro

Das 600 vagas, 460 são para técnico em informações geográficas e e

O edital para o concurso de 600 vagas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) deve sair até outubro. 

Fernando Abrantes, diretor-executivo do IBGE informou à Associação e Sindicato Nacional dos Servidores (ASSIBGE-SN) que a previsão é aplicar as provas no último trimestre deste ano.

Dessa forma, o último domingo de 2015, que poderá ter avaliações, é 20 de dezembro, já que depois virão as festas de fim de ano. Com a possibilidade de o exame ser aplicado nesse dia, o edital sairia, no mais tardar, em 20 de outubro, já que, segundo a legislação federal, é preciso um intervalo de, pelo menos, 60 dias entre a publicação do edital e a aplicação da prova.A expectativa é que até setembro saiam as definições como distribuição das vagas e organizadora.

O edital, segundo a portaria de autorização, precisa ser publicado até 27 de janeiro de 2016, prazo que deverá ser encurtado, tendo em vista a grande necessidade de pessoal. Em resposta à folha Dirigida, a assessoria do órgão disse que o instituto ainda prepara o concurso, analisando a distribuição das vagas pelo país. O setor não confirmou, porém, nenhuma previsão de divulgação do edital e de aplicação das provas. O instituto ainda precisa contratar a organizadora.

Questionada, a Assessoria disse que ainda não escolhe a banca. O setor, porém, já havia revelado antes que há pressa na realização do concurso.Ainda segundo o IBGE, as vagas de técnico serão para as agências do instituto em todo o país, mas para locais não contemplados no concurso anterior, realizado em 2013.

Isso reforça a ideia de que haverá chances de nível médio no Rio de Janeiro, já que o estado, na ocasião, teve vagas somente em Duque de Caxias, Itaperuna, Volta Redonda e Santo Antônio de Pádua.A

Das 600 vagas, 460 são para técnico em informações geográficas e estatísticas, de nível médio, 90 para analistas de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas e 50 para tecnologistas (ambos de nível superior). O cargo de técnico tem remuneração de R$3.471,85, e pode chegar até até R$5.011,01 com gratificações. As funções de analista e tecnologista têm rendimento inicial de R$7.373,49, que pode chegar a até R$9.107,88 com especializações. O IBGE contrata pelo regime estatutário, com estabilidade.

Fonte: iBahia