Inscrição na Seduc acaba na sexta, 20

As inscrições, que custam R$ 60,00, estão sendo acolhidas somente por site

O Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), finaliza, nesta sexta-feira (20), o processo de acolhimento de inscrições para o preenchimento de 3.455 vagas do cargo de professor efetivo da Secretaria Estadual da Educação (Seduc).

As inscrições, que custam R$ 60,00, estão sendo acolhidas somente por site. As vagas estão distribuídas para os seguintes cargos: Letras-Português, Letras-Inglês, Letras-Espanhol, Matemática, Física, Química, Biologia, Geografia, História, Filosofia, Sociologia, Educação Física, Informática, Ensino Religioso, Arte e Supervisor Pedagógico.

A prova será aplicada no dia 20 de dezembro nas cidades de Barras, Bom Jesus, Campo Maior, Corrente, Floriano, Fronteiras, Oeiras, Parnaíba, Paulistana, Picos, Piripiri, Regeneração, São João do Piauí, São Raimundo Nonato, Teresina, Uruçuí e Valença do Piauí, no horário de 8h30 às 12h30 (horário do Piauí).

A remuneração inicial para os cargos de professor classe ?SL? e supervisor pedagógico é de R$ 670,00, correspondente ao vencimento e gratificação de regência da classe inicial do cargo, conforme Lei Ordinária nº 5.820, de 30 de dezembro de 2008. A jornada de trabalho é de 20 horas semanais nos turnos manhã, tarde e noite, conforme Lei Complementar nº 71, de 26 de julho de 2006.

A divulgação da relação dos candidatos aprovados por Cargo será feita até o dia 19 de fevereiro de 2010. Serão consideradas válidas apenas as listas oficialmente publicadas e afixadas no mural do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos, bem como as disponibilizadas no endereço eletrônico da Uespi assinadas pelo presidente do Nucepe e homologadas pela Secretaria da Educação do Piauí, mediante publicação no Diário Oficial do Estado do Piauí.

O Concurso Público terá validade de 2 anos, a contar da data da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, por igual período, a critério da Seduc.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br