Inscrições para 263 vagas do MPU serão até o próximo domingo, 25

Inscrições para 263 vagas do MPU serão até o próximo domingo, 25

Estão abertas, somente até as 23h59 do próximo domingo, dia 25, as inscrições do concurso do Ministério Público da União (MPU).

Estão abertas, somente até as 23h59 do próximo domingo, dia 25, as inscrições do concurso do Ministério Público da União (MPU). Os interessados em concorrer às vagas de técnico e analista devem se apressar, pois o prazo é curto e é quase certo que não será prorrogado, apesar das reclamações. A seleção é para 263 oportunidades, além de cadastro de reserva. Na última quinta-feira, dia 15, o MPU ampliou a oferta em uma vaga, no cargo de analista, em São Paulo, na área de atividade de Tecnologia da Informação e Comunicação (Desenvolvimento de Sistemas), que também formará cadastro de reserva.

Das vagas, 37 são para técnico (nível médio e/ou médio/técnico) e 226 para analista (superior), com rendimentos de R$5.285,16 e R$8.216,55, respectivamente, incluindo R$710 de auxílio-alimentação. O cadastro de reserva será utilizado durante o prazo de validade, de dois anos, prorrogável por mais dois.

Durante esse período, muito mais aprovados deverão ser convocados, de acordo com previsão do procurador da República Bruno Calabrich, presidente da comissão do concurso. ?A tendência é que convoquemos bem mais aprovados do que o número inicial de vagas?, frisou.

Os concursados serão lotados em um dos ramos do MPU (Ministério Público Federal, Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Ministério Público Militar e Ministério Público do Trabalho). As inscrições são aceitas no site do Cespe/UnB, organizador, sendo possível candidatar-se aos dois cargos. A taxa é de R$60 para técnico e de R$80 para analista, pagável até 5 de setembro.

No dia 25 de setembro o Cespe/UnB irá liberar os locais e horário de aplicação das provas, marcadas para 6 de outubro. Os analistas serão avaliados pela manhã, por meio de questões objetivas e discursivas. À tarde, será a vez dos técnicos, que farão apenas questões de múltipla escolha.

Serão cobradas de todos concorrentes questões sobre Língua Portuguesa e Legislação Aplicada ao MPU. As outras perguntas, dependendo da função e da especialidade, poderão ser sobre Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Perícia, Relações Humanas, Noções de Direito Constitucional e Administrativo, Raciocínio Lógico, Noções de Informática e Atualidades.

Para ser aprovado é preciso obter, pelo menos, 12 pontos em Conhecimentos Básicos, 23 em Conhecimentos Específicos e 40 no conjunto da avaliação. A prova discursiva, exclusiva para analista, consistirá em redação sobre tema relativo aos conhecimentos específicos. A aprovação estará condicionada à obtenção de, pelo menos, 50% da pontuação.

Somente serão corrigidas as provas discursivas dos candidatos aprovados nas provas objetivas e classificados, respeitando os empates na última colocação para esse fim, conforme o quadro constante no anexo II do edital.

Fonte: folhadirigida