INSS libera consulta aos locais de prova de concurso dia 15 de maio

As provas serão aplicadas em 15 de maio às 8h

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) liberou a consulta para os locais de provas do concurso para 950 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os candidatos inscritos devem informar o CPF para ter acesso às informações.

As provas serão aplicadas em 15 de maio às 8h para os cargos de nível superior e às 14h para os cargos de nível médio. Os exames terão duração de 3h30.

O Cebraspe, antigo Cespe/UnB, é a organizadora responsável pela seleção.O número total de candidatos inscritos ainda não foram divulgados.

Os locais de provas serão divulgados a partir do dia 4 de maio pelo site www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015. O candidato poderá verificar o seu local de realização das provas, por meio de consulta individual, devendo, para tanto, informar os dados solicitados. O candidato somente poderá realizar as provas no local designado na consulta individual disponível no endereço eletrônico citado acima.

O candidato deverá comparecer ao local designado para a realização das provas com antecedência mínima de uma hora do horário fixado para o início dessas, munido de caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, do comprovante de inscrição e do documento de identidade original.

CONCURSO

São oferecidas 950 vagas em cargos de níveis médio e superior. Os salários são de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09. O número total de candidatos inscritos ainda não foi divulgado.Do total das oportunidades, 5% são reservadas para pessoas com deficiência e 20% para negros.Os cargos de nível superior são para analista do seguro social com formação em serviço social (150).

As vagas de nível médio são para técnico do seguro social (800).As oportunidades são para os estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Rondônia, Roraima, São Paulo, Sergipe, Tocantins, e no Distrito Federal.

Fonte: G1