INSS vai reaplicar provas objetivas que foram anuladas em todos os cargos

Os participantes ainda poderão alterar a cidade de realização da prova até 9 de dezembro.

A Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (Funrio), banca organizadora do concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), anunciou em seu site que reaplicará as provas objetivas anuladas este ano para todos os cargos. Os exames acontecerão no dia em 9 de fevereiro de 2014, no turno da tarde. Anteriormente, apenas os candidatos que concorriam ao cargo de analista do seguro social - nas formações de fisioterapia, TI, engenharia civil e administração - tiveram seus exames anulados. De acordo com o anúncio da banca, serão convocados para a nova avaliação apenas os candidatos que compareceram nos exames aplicados no dia 13 de outubro de 2013. Um novo cronograma deverá ser publicado ainda esta semana.

Os participantes ainda poderão alterar a cidade de realização da prova até 9 de dezembro. Para isso, é preciso enviar e-mail para [email protected], com o assunto "Solicitação de alteração da cidade de prova", além de informar o nome, número de inscrição, identidade e CPF.

Polêmica

Segundo a Funrio, foram verificadas inconsistências técnicas na aplicação dos exames. A anulação, porém, valeu apenas para algumas superintendências que apresentaram erro técnico. Assim, teriam que refazer os exames os candidatos de TI e engenharia civil que concorriam a todas às superintendências regionais e administração central.

Quanto aos inscritos que concorrem a vagas de fisioterapia, apenas os da superintendência regional Nordeste e da superintendência regional Sul teriam que repetir os testes. Já quem competia nas chances de administração, foram afetados apenas aqueles inscritos na superintendência regional Sudeste II.

Segundo comunicado oficial divulgado na época, foi detectada insuficiência de cadernos de provas no Colégio Paulino de Brito, em Belém, para os candidatos de TI; no Colégio Objetivo, bloco Único, 3º andar, sala 3º A, em Juazeiro do Norte/CE, para concorrentes a vagas de fisioterapia; no Colégio Estadual Polivalente Frei João Batista, bloco B, andar térreo, sala 14, em Anápolis/GO, para engenheiros civis; além de aplicação de prova de outra formação no Colégio Darcy Ribeiro, bloco A, andar 1, sala 7, em Governador Valadares/MG, para formados em administração.

O concurso

No total, 164.209 concurseiros se inscreveram para disputar 300 oportunidades de nível superior - concorrência média de, aproximadamente, 547 por vaga. O salário é de R$ 7.147,12 para uma jornada de 40 horas semanais de trabalho. Os aprovados poderão ser lotados em qualquer unidade subordinada às superintendências regionais do INSS, localizadas em todas as regiões brasileiras, e à Administração Central, localizada em Brasília, com 77 chances.

Para concorrer ao cargo, os candidatos devem ter graduação em estatística, ciências contábeis, direito, administração, engenharia (civil, mecânica, elétrica, de telecomunicações em segurança do trabalho), arquitetura, tecnologia da informação, terapia ocupacional, pedagogia, psicologia, jornalismo, publicidade e propaganda, fisioterapia e letras.

Fonte: Correio Web