BR: Instituto Militar de Engenharia, do Exército, seleciona professores; saiba

São 18 vagas para professores de magistério superior

O Instituto Militar de Engenharia (IME), do Exército, abriu concurso público para 18 vagas de professores de magistério superior, classe adjunto A, para atender ao ensino e à pesquisa da graduação e pós-graduação, com título de doutor e regime de trabalho de dedicação exclusiva. O candidato aprovado terá como atribuições todas as atividades de ensino, pesquisa e extensão relativas ao IME. A remuneração bruta inicial do cargo é de R$ 8.143,18, dividida em vencimento básico de R$ 3.677,52 e retribuição por titulação de R$ 4.465,66.

Poderão se inscrever os graduados em curso superior, portadores de título reconhecido e registrado ou revalidado de doutor nas respectivas áreas de interesse.

No Ensino Básico há 1 vaga para matemática 1 e 1 vaga para matemática 2, além de 2 vagas para física.

Em Engenharia de Fortificação e Construção há 1 vaga para estruturas de concreto e 1 para planejamento e operação de transportes.

Em Engenharia Elétrica há 1 vaga para sistemas eletrônicos e comunicações.

Em Engenharia Mecânica e de Materiais há 1 vaga para termociências, 1 para mecânica dos sólidos, 1 para dinâmica e controle e 1 para materiais metálicos.

Em Engenharia Química, há 1 vaga para físico-química e 1 para química orgânica.

Em Engenharia Cartográfica há 1 vaga para sistemas de informação geográfica e cartografia, 1 para geodésia e posicionamento espacial e 1 para sensoriamento remoto e fotogrametria.

Em Engenharia Nuclear há 1 vaga para engenharia nuclear. E para engenharia de Sistemas há 1 vaga para ciência da computação.

As inscrições devem ser feitas de 5 a 29 de agosto, de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, e sexta-feira, das 8h às 12h, no Instituto Militar de Engenharia - Subdivisão de Concursos, na Praça General Tibúrcio, 80 - Praia Vermelha, Rio de Janeiro. A taxa é de R$ 100.

O concurso será realizado em uma etapa com quatro fases. A primeira fase é composta de prova escrita, a ser realizada em setembro, a segunda fase é prova didática, a ser realizada no mês de setembro, que consistirá de uma aula com duração aproximada de 50 minutos, ministrada perante a comissão julgadora, sobre tema sorteado. A terceira fase terá uma prova prática, também a ser realizada no mês de setembro, em que o candidato terá que redigir e apresentar diante da banca examinadora um projeto de pesquisa. A quarta fase compreenderá uma avaliação de títulos.

Fonte: G1