Maior parte dos executivos fica até 2 anos na empresa, diz estudo

Maior parte dos executivos fica até 2 anos na empresa, diz estudo

Maioria vai em busca de novas vagas quando ainda está empregada

A maioria dos executivos brasileiros fica até 2 anos na mesma empresa, aponta pesquisa da consultoria especializada PageGroup. Foram ouvidos 800 profissionais de diferentes níveis hierárquicos (alta e média gerência e técnico e suporte à gestão) em maio deste ano.

De acordo com o levantamento, no segmento de alta e média gerência, 42% dizem ficar até 2 anos na mesma empresa. Entre os que trabalham com suporte à gestão o percentual sobe para 54%.

Para permanência entre 2 e 5 anos, os percentuais ficam, respectivamente, em 33% e 34%.

Entre os gestores que estão no topo da hierarquia, 18% dizem ficar no mesmo emprego de 5 a 10 anos; 8% de suporte à gestão fazem o mesmo. E profissionais que ficam mais de 10 anos sem mudar são minoria, com percentuais de 7% e 4%, respectivamente.

Mais da metade dos que dizem buscar novas oportunidades (57%) está empregada há menos de 2 anos. Entre esses profissionais, 40% foram contratados há menos de 6 meses.

De acordo com Sérgio Sabino, diretor de marketing do PageGroup para a América Latina, é possível constatar a agitação do mercado de trabalho aliada ao baixo índice de desemprego. "A maioria dos executivos que estão trabalhando permanece antenada, caso apareça uma oportunidade. É natural e parte da cultura corporativa atual", explica.

Dos 43% que se declararam desempregados no momento da entrevista afirmam que estão, em sua maioria, sem uma posição fixa há cerca de 6 meses. ?Este tempo é normalmente o que um executivo de alta e média gerência pode levar em sua recolocação?, diz Sabino.

Fonte: G1