Marinha encerra hoje inscrição para mais de 60 vagas de professores;veja

Os salários vão de R$ 3.867,03 a R$ 8.049,77

A Marinha encerra nesta segunda-feira (12) as inscrições do concurso para 63 vagas de professor do magistério superior. O salário varia de acordo com a titulação, que é de R$ 3.867,03 para classe auxiliar (graduação), R$ 4.090,65 para auxiliar com especialização, R$ 5.466,55 para assistente-A com mestrado e de R$ 8.049,77 para adjunto-A com doutorado. São 41 vagas para o Rio de Janeiro e 22 para Belém.

No site da Marinha, é possível ver o edital.

As vagas são para o Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), Centro de Instrução Almirante Wandenkolk (CIAW), Diretoria de Hidrografia e Navegação (DHN) e Escola Naval (EN), no Rio de Janeiro, e para o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba), em Belém.

As áreas com vagas no Rio de Janeiro são oceanografia, cartografia, tecnologia da informação, eletrônica, telecomunicações, física, eletrônica, mecânica, matemática, automação e controle de sistema mecânico, eletrônico e de armas, letras - português e inglês, economia, administração, psicologia, navegação, manuseio e estivagem de carga, controle da operação de navio, primeiros socorros, máquinas marítimas, sistemas elétricos, eletrônicos de controle, fabricação mecânica e tecnologia de soldagem, relações interpessoais e legislação e direito marítimo.

Em Belém as vagas são para as áreas de navegação, manuseio e estivagem de carga, controle da operação de navio, primeiros socorros, máquinas marítimas, sistemas elétricos, eletrônicos e de controle, relações interpessoais, legislação e direito marítimo e fabricação mecânica e tecnologia de soldagem.

As inscrições devem ser feitas de 15 de julho a 12 de agosto pelos sites www.ensino.mar.mil.br e www.ingressonamarinha.mar.mil.br. A taxa é de R$ 90.

A seleção terá prova de conhecimentos específicos, redação e prova didática, prova de títulos. As provas serão realizadas nas cidades do Rio de Janeiro e Belém, em datas a serem divulgadas posteriomente.

Fonte: G1