Marinha do Brasil encerra prazo pra 40 vagas de praças da armada

Marinha do Brasil encerra prazo pra 40 vagas de praças da armada

O candidato deve ser do sexo masculino e ter de 18 a 24 anos. É exigido ainda curso técnico de nível médio relativo à área técnica.

A Marinha encerra nesta quarta-feira (9) as inscrições do concurso público para 40 vagas no Quadro Técnico de Praças da Armada no Corpo de Praças da Armada 2014 (CP-QTPA/2014). O concurso destina-se a preparar e capacitar os candidatos aprovados para atuar na operação e manutenção de submarinos. O salário não foi informado.

No site da Marinha, é possível ver o edital (acesse o edital).

Na área eletroeletrônica são 18 vagas para técnico em automação industrial; técnico em eletroeletrônica; técnico em eletromecânica; técnico em eletrônica; técnico em eletrotécnica; técnico em eletrotécnica naval; e técnico em mecatrônica.

Na área mecânica são 22 vagas para técnico em manutenção automotiva; técnico em mecânica; técnico em mecânica naval; técnico em mecatrônica; técnico em refrigeração e climatização; técnico em manutenção de máquinas pesadas; e técnico em mecânica da precisão.

O candidato deve ser do sexo masculino; ter 18 anos completos e menos de 25 anos de idade no primeiro dia do mês de janeiro de 2015; ter concluído ou estar concluindo o curso técnico de nível médio relativo à área técnica à qual concorre.

A atribuição principal das Praças do Corpo de Praças da Armada (CPA) é o guarnecimento dos navios, submarinos e aeronaves da Marinha para a execução de tarefas relativas à operação e manutenção de equipamentos e sistemas, à conservação de compartimentos e materiais e da participação em serviços gerais e específicos nos meios navais.

O Quadro Técnico de Praças da Armada (QTPA) é um dos Quadros de Praças do CPA. Os praças que ingressarem no QTPA serão preparados e capacitados para atuar na operação e manutenção de submarinos. Para a carreira de praças do QTPA, pela legislação em vigor, a primeira graduação é a de terceiro-sargento e a última é a de suboficial. Após o ingresso na Marinha, será atribuída ao militar uma especialidade técnica que corresponde à formação profissional do praça.

O curso será composto de Curso de Formação de Sargentos (C-FSG), com duração de cerca de 30 semanas; e Curso de Aperfeiçoamento (C-Ap) , com duração de cerca de 25 semanas.

Inicialmente, o candidato será matriculado no C-FSG, como praça especial, aluno do Curso de Formação de Sargentos (AFSG), com grau hierárquico equivalente ao de cabo, e ao lograr a aprovação no curso, será nomeado terceiro-sargento do QTPA.

Durante o C-FSG os alunos serão submetidos a uma inspeção de saúde e uma avaliação psicológica específicas para as atividades especiais em submarino, que terão caráter eliminatório.

Ao final do C-FSG os alunos, por ordem de classificação, farão a opção por uma especialidade. Os alunos da área técnica de eletroeletrônica optarão por comunicações interiores ou eletricidade. Os alunos da área técnica de mecânica optarão por máquinas ou motores.

A seguir, o aluno será matriculado no Curso de Aperfeiçoamento (C-Ap), o qual o capacitará a exercer suas atividades profissionais na Marinha na especialidade para a qual foi indicado pela Administração Naval. Concluído o C-Ap, o candidato será matriculado no Curso de Subespecialização de Submarinos para Praças que terá duração de cerca de 24 semanas, o qual o capacitará para o exercício de atividades em submarinos.

As inscrições devem ser feitas de 6 de junho a 9 de julho pelos sites www.ensino.mar.mil.br ou www.ingressonamarinha.mar.mil.br. A taxa é de R$ 12.

O concurso terá provas escritas objetivas de conhecimentos profissionais, redação, inspeção de saúde, teste de aptidão física, verificação de dados biográficos, verificação de documentos e avaliação psicológica.

A prova escrita de conhecimentos profissionais e redação será aplicada nas cidades do Rio de Janeiro, São Pedro da Aldeia (RJ), Vila Velha (ES), Salvador, Natal, Olinda (PE), Fortaleza, Belém, São Luís, Rio Grande (RS), Porto Alegre, Florianópolis, Ladário (MS), Brasília, São Paulo, Manaus e Santos (SP), em data a ser definida.

O início do curso está previsto para 30 de março de 2014, no Centro de Instrução Almirante Alexandrino (Ciaa), na cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: G1