Planejamento autoriza mais de 2 mil vagas efetivas em quatro ministérios

Os editais têm até seis meses para serem publicados

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (Mpog) autorizou nesta sexta-feira, dia 27, de uma só vez, 2.045 vagas nos ministérios da Educação, da Cultura, do Trabalho e Emprego e Ciência, Tecnologia e Inovação. Os editais têm até seis meses para serem publicados.

Na Portaria nº 338, o Mpog autoriza a realização de concurso para o provimento de 30 cargos de Assistente em Ciência e Tecnologia da Carreira de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia, de nível médio, do Quadro de Pessoal da Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho (Fundacentro).

Já a Portaria nº 339, autoriza outro concurso no Ministério do Trabalho. Dessa vez são 35 vagas de Contador, de nível superior, e 415 de Agente Administrativo, de nível médio, totalizando 450 ofertas.

O Ministério da Cultura foi beneficiado com um novo concurso: na Fundação Biblioteca Nacional (FBN).

Com o número 340, a portaria permite a realização de concurso para provimento de 40 vagas efetivas do Plano Especial de Cargos da Cultura, do Quadro de Pessoal da FBN. São 20 vagas para o cargo de Bibliotecário e 20 para Técnico em Documentação. Ambos os cargos exigem nível superior.

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEM), órgão ligado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação, também foi autorizada a realizar um novo concurso. O Mpog publicou a portaria nº 341 que libera 86 vagas de nível médio e superior em cargos nas carreiras de Desenvolvimento Tecnológico e de Gestão, Planejamento e Infraestrutura em Ciência e Tecnologia.

Serão preenchidas 18 vagas de Analista em Ciência e Tecnologia e 38 em Tecnologista, ambas de nível superior. De nível intermediário são 20 vagas de Assistente em Ciências e Tecnologia e 10 ofertas de Técnico.

O maior

Fechando o ciclo de autorizações somente nesta sexta, o Ministério da Educação (MEC) foi autorizado a realizar concursos para o provimento de 1.439 vagas.

A portaria de nº 344 autoriza o preenchimento de 712 cargos de Professor da Carreira de Educação Básica, Técnica e Tecnológica e 536 cargos de Técnicos-Administrativos em Educação, dos Quadros de Pessoal do Cefet-RJ, do Cefet-MG, do Colégio Pedro II e das Escolas Técnicas e Colégios de Aplicação vinculados às Universidades Federais.

A portaria esclarece que poderão ser nomeados candidatos aprovados em concursos públicos vigentes, ainda não convocados. O prazo para publicação de edital de abertura será de até 3 meses.

Foi autorizada também, na mesma portaria, uma nova seleção para o provimento de 108 cargos de Professor da Carreira de Ensino Básico Técnico e Tecnológico e 83 cargos de Técnico-Administrativo em Educação, destinados ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES) e ao Instituto Benjamin Constant (IBC).

Fonte: ancodeconcursos.com