Ministérios da Fazenda e Agricultura abrem inscrições; salários R$ 12 mil

São oferecidas, ao todo, 4.007 oportunidades, com salários de até R$ 12,5 mil.


Ministérios da Fazenda e Agricultura abrem inscrições; salários de até R$ 12 mil

Nesta segunda-feira começam os prazos de inscrições de seis concursos: os ministérios da Fazenda e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; o Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha; o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI); a Polícia Civil de São Paulo; e a Fundação Saúde do Rio de Janeiro. São oferecidas, ao todo, 4.007 oportunidades, com salários de até R$ 12,5 mil.

Fazenda

São nada menos que 1.026 oportunidades distribuídas entre 25 estados. O cargo em questão é o de assistente técnico administrativo, com remuneração de R$ 3.050,82.

Para concorrer é preciso nível médio de escolaridade. Do total de chances, 66 são reservadas a pessoas com deficiência. Veja aqui o edital de abertura.

O concurso é composto apenas por provas objetivas com aplicação no dia 27 de abril. Serão cobrados conhecimentos básicos em língua portuguesa, matemática e raciocínio lógico, informática, atualidades, gestão de pessoas e do atendimento público, ética do servidor na administração pública, administração pública brasileira, Administração Pública Brasileira e regime jurídico dos agentes públicos. Ao todo, serão 70 questões.

Interessados podem se inscrever até 16 de fevereiro pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa custa R$ 62.

A maioria das chances é para lotação no Rio Grande do Sul, com 155 oportunidades; seguido por Minas Gerais (101 vagas); e Paraná, com 97 vagas. Os demais estados são: Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Mapa

O edital de abertura de novo concurso público oferta 796 vagas, sendo 46 reservadas a pessoas com deficiência. As oportunidades são para níveis fundamental, médio/técnico e superior. Os salários variam de R$ 2.818,02 a R$ 12.539,38. Só para o Distrito Federal são 97 vagas. A Consulplan é a banca organizadora. A publicação pode ser conferida na terceira seção, a partir da página 7.

As chances para nível superior são de engenheiro agrônomo, farmacêutico, químico, veterinário, zootecnista, administrador, bibliotecário, contador, economista, engenheiro, geógrafo e psicólogo. Já para nível médio/técnico, as oportunidades são para agente de atividades agropecuárias, agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal e técnico de laboratório, agente administrativo e técnico de contabilidade. Por fim, o cargo ofertado para candidatos com ensino fundamental é de auxiliar de laboratório.

O certame será composto por provas objetiva e discursiva para todos os cargos e avaliação de títulos para os de nível superior. As avaliações estão previstas para o dia 4 de maio, nas 26 capitais dos estados da Federação e no Distrito Federal.

Interessados poderão até 6 de março, pelo site da banca organizadora. A taxa de participação é de R$ 38,50 para nível fundamental, R$ 50 para nível médio e R$ 71 para nível superior. O concurso terá validade de um ano e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

As vagas são para Acre, Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima, Rondônia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo, Tocantins e Distrito Federal.

Marinha

O edital do novo concurso público aberto pelo Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha é para formação de soldados. São oferecidas, ao todo, 1.860 vagas - sendo 1.620 chances preferencialmente para candidatos do Sul e Sudeste para lotação no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa); e 240 vagas destinadas preferencialmente a candidatos do Nordeste e Centro-Oeste, n o Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab).

Para participar é preciso ter entre 18 e 21 anos de idade, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, além de ter nível fundamental completo. Interessados podem se inscrever até 27 de fevereiro, pelo site www.mar.mil.br/cgcfn. A taxa custa R$ 12.

O concurso será composto por seis etapas: exame de escolaridade (no dia 29 de abril), verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. Quem passar por todas as fases poderá se matricular no dia 27 de julho de 2015 no curso de formação de soldados fuzileiros navais, com duração de 17 semanas, a ser realizado no Ciampa, no Rio de Janeiro, e no Ciab, em Brasília. O salário será de R$ 590. Se aprovado, o então soldado passa a receber R$ 1.435.

Após o curso, as 1.860 vagas são divididas da seguinte maneira: 1.079 para o RJ, 186 para o DF, 74 para o RS, 112 para o PA, 74 para o MS, 205 para o AM, 56 para o RN e 74 para a BA.

Cemaden/MCTI

São três editais. O primeiro é para o cargo de pesquisador, com 15 vagas. O salário é de R$ 10.716,04 para jornada de trabalho de 40 horas semanais. Interessados poderão se inscrever de 3 de fevereiro a 14 de março de 2014, na sala do Cemaden, no Parque Tecnológico de São José dos Campos, situado à Estrada Doutor Altino Bondesan, 500, Distrito de Eugênio de Melo (Rodovia Presidente Dutra, km 137,8), em São José dos Campos, São Paulo, ou no campus do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais de Cachoeira Paulista, São Paulo. A taxa custa R$ 150.

Para concorrer ao primeiro edital é preciso ter doutorado em geociências, geologia, engenharia geológica, geologia de engenharia, geografia, geormofologia, engenharia civil, engenharia hidráulica, engenharia hídrica, recursos hídricos, engenharia ambiental, entre outros.

Já no segundo documento são 40 chances para tecnologista. Podem concorrer graduados em geociências, geologia, engenharia geológica, geografia, hidrologia, geociências, metereologia, ciências exatas da terra, entre outros. O salário básico é de R$ 4.206,33, mas pode chegar a R$ 9.490,33 com titulação. A taxa custa R$ 150. As inscrições poderão ser feitas até 11 de março, no mesmo local para pesquisador.

E o terceiro oferta 20 chances para o posto de analista. Para entrar na disputa é preciso ter nível superior em jornalismo, ciências humanas, sociais e econômicas, direito, administração, engenharia de produção, ciência biológicas, engenharia civil ou arquitetura. O salário chega a R$ 9.490,33. Interessados poderão se inscrever de 10 de fevereiro a 17 de março, pessoalmente, no mesmo local para pesquisador. A taxa custa R$ 150.

A seleção dos três editais será feita por meio de prova escrita e análise de títulos. As provas estão marcadas para os dias 6, 13 e 27 de abril para tecnologistas, pesquisadores e analistas, respectivamente. Os profissionais trabalharão em São José dos Campos e Cachoeira Paulista, em São Paulo.

PCSP

O certame é para técnico de laboratório, com 84 vagas. O salário é de R$ 890,24, referente a jornada de trabalho de 20 horas semanais. Para concorrer é preciso ter nível médio completo. Segundo o documento, os profissionais serão lotados na Superintendência da Polícia Técnico-Científica.

Interessados poderão se inscrever ate as 16h de 28 do mesmo mês, pelo site www.vunesp.com.br. A taxa custa R$ 42,61. Do total de chances, cinco por cento são reservadas a candidatos com deficiência. A Fundação Vunesp é a banca organizadora.

Na seleção, haverá apenas uma etapa, de prova preambular, em 6 de abril do ano que vem. Serão cobrados conhecimentos em língua portuguesa, biologia, química, física, matemática/lógica, noções de direito/criminologia/direitos humanos, noções de técnicas laboratoriais e noções de informática.

A lotação dos aprovados será nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba, São Paulo capital e Grande São Paulo. Para conferir o edital de abertura, clique aqui.

Fundação Saúde/RJ

São 166 vagas para níveis médio/técnico e superior. Do total de chances, 11 são para deficientes e 27 para negros e índios. Os salários variam entre R$ 1.210,93 e R$ 6.077,43, por jornadas de trabalho que variam entre 24h e 40h semanais. Haverá provas objetivas e entrega de títulos (para candidatos com nível superior) no dia 23 de fevereiro.

Candidatos de nível médio/técnico disputam as funções de técnico em imunohematologia e técnico em segurança do trabalho. Graduados, por sua vez, concorrem aos cargos de enfermeiro nas áreas de hematologia, hemoterapia, trabalho, transplante de medula óssea e transplante/sólidos, médico nas especialidades de acupuntura, anestesiologia, cardiologia, cardiologia/hemodinâmica, cardiologia/pediatria, cardiologia/ecocardiografia, cirurgia cardíaca, cirurgia cardíaca/pediatria, cirurgia vascular, clínica médica/medicina interna, clínica médica/medicina intensiva, geriatria, hematologia, hematologia pediátrica, hematologia, hemoterapia, infectologia, neurologia, nutrologia, ortopedia e traumatologia, pediatria, pediatria/medicina intensiva, pneumologia, pneumologia/broncoscopia, radiologia/ultrassonografia, sanitarista, socorrista/medicina de urgência e do trabalho, engenheiro de segurança do trabalho, físico nuclear e químico.

Interessados podem se inscrever até 16 de fevereiro por meio do site da banca organizadora, a Fundação Bio-Rio. As taxas de participação são de R$ 50 e R$ 85, para níveis médio/técnico e superior, respectivamente. A seleção é válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

Fonte: CorreioWeb