MPF/SP pede nova suspensão de concurso da Polícia Federal

MPF/SP pede nova suspensão de concurso da Polícia Federal

O concurso com 600 vagas para delegado, perito e escrivão da Polícia Federal (PF) pode ser novamente suspenso se a 7ª Vara Cível Federal de São Paulo acatar ação civil pública, com pedido de liminar, movida pelo Ministério Público Federal paulistano (MPF/SP). Segundo o ministério, os editais preveem que os recursos que alterem o gabarito das questões objetivas resultarão na anulação dessas questões, mesmo que elas apresentem somente uma resposta correta ?40 questões foram anuladas por erro material na divulgação do gabarito preliminar. Mas, segundo a autora da ação, a procuradora da República Stella Fátima Scampini, isso afronta a isonomia entre os candidatos, por atribuir os pontos inclusive àqueles que erraram as questões.

O MPF/SP quer, portanto, que o concurso seja suspenso até que o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) retifique os editais. A atribuição dos pontos de acordo com o gabarito retificado também deverá ser realizada, alterando a classificação dos candidatos.

Fonte: Correio Web