Nota de corte para medicina sobe em 92,7% dos cursos após 2 dias de Sisu

Na média, a nota de corte subiu de 775,32 pontos no primeiro dia para 781,79 pontos no segundo.

A nota de corte para medicina subiu em 92,7% dos cursos após dois dias de inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Na atualização das notas dos candidatos inscritos realizada na madrugada desta quarta-feira (21), 64 dos 69 cursos apresentaram nota maior em relação ao dia anterior. Um curso manteve a nota, e quatro tiveram queda.

Na média, a nota de corte subiu de 775,32 pontos no primeiro dia para 781,79 pontos no segundo.

As inscrições para o Sisu podem ser feitas até as 23h59 desta quinta-feira (22) no site sisu.mec.gov.br, e o candidato pode mudar a opção de curso e carreira quantas vezes quiser até o final do prazo. A próxima parcial das notas de corte será disponibilizada no site do Sisu às 2h da madrugada desta quinta-feira.

Segundo o MEC, até as 18h desta terça, mais de 1,9 milhão de pessoas já haviam feito inscrição no Sisu 2015.

O curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande no Norte (UFRN) no campus de Caicó segue com a maior nota de corte para medicina. A nota subiu de 868,98 pontos no primeiro dia para 872,47 pontos no segundo. O curso da UFRN usa ações afirmativas que dão bônus e aumentam a nota de alguns candidatos beneficiados.

Em seguida estão os cursos de medicina da UFPA (863,90), UnB (829,25), UFPR (823,47) e UFRJ (821,81). As notas são para a modalidade de ampla concorrência.

Tiveram a nota reduzida no segundo dia os cursos de medicina da UFMG, UFOP, Unioeste e UEMS. O curso da UFBA manteve a nota do primeiro dia.

O Sisu usa, para fazer a seleção para as vagas, as notas obtidas pelos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. No total, são 205.514 vagas em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior.

A atração de médicos para atender o interior é o foco do curso de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) no campus de Caicó. O curso nasceu dentro da política de interiorização adotada pela instituição e quer priorizar alunos com raízes regionais.

O curso de medicina com a menor nota de corte passou a ser da Universidade Federal do Acre, com 748,49 pontos.

As notas de corte são atualizadas todas as madrugadas no site do Sisu e podem mudar até o fim do prazo de inscrições. O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro. O prazo para participar da lista de espera começa no dia 26 de janeiro e vai até 6 de fevereiro.

O Sisu é um sistema dinâmico que utiliza a nota que o candidato obteve no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Por isso, os estudantes podem mudar a inscrição quantas vezes quiserem até o prazo final. Algumas vagas para cotistas podem ter concorrência maior, por exemplo, por isso é necessário monitorar. O sistema vai considerar a última inscrição validada pelo candidato.

Como a oferta de vagas é menor do que a procura dos candidatos, o estudante deve seguir algumas dicas de procedimento durante o período de inscrições e monitorar a nota de corte dos cursos escolhidos o tempo todo. Se a nota de corte estiver muito acima da pontuação obtida pelo candidato no Enem, a melhor saída é escolher um outro curso e/ou instituição com nota de corte mais baixa.

Fonte: G1