Novo concurso do Banco do Brasil ocorrerá em setembro

Em setembro poderá ser definida a oferta de vagas para o concurso.

A realização do próximo concurso para o cargo de escriturário do Banco do Brasil (BB) deve ocorrer a partir de 26 de setembro, quando expira o prazo de validade do último certame, abrangendo os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e parte do Amazonas. Normalmente, a prática comum da instituição era soltar os editais de abertura de inscrições em um período médio de três meses antes do término da validade. Porém, em decorrência de um acordo entre o banco e o Ministério Público do Trabalho (MPT), devido a um processo judicial na 20ª vara do trabalho, em Brasília, os próximos certames deverão indiciar o número de vagas a serem preenchidas durante o prazo de validade e não mais ser apenas para formar cadastro reserva de pessoal, como vinha sendo praticado.

Desta forma, somente após 26 de setembro poderá ser definida a oferta de vagas para o próximo concurso destas regiões. De acordo com responsáveis pelo setor de recursos humanos  do órgão, com isto, a publicação do edital deve ficar mais para o final deste ano ou início de 2016.     

Vale lembrar que o acordo com o MPT, embora determine que os editais tragam a oferta de vagas, também  permite que a instituição mantenha um cadastro de pessoal, para necessidades excedentes ao número indicado no edital.

No caso de São Paulo, quem aguarda uma oportunidade deve ter um pouco mais de paciência, uma vez que o prazo de validade do último concurso foi prorrogado até 8 de maio de 2016.

Para concorrer ao cargo, basta possuir ensino médio. A remuneração inicial da categoria é de R$ 3.280,42, incluindo salário de R$ 2.227,26; ajuda alimentação de R$ 572, vale-refeição de R$ 431,16 e vale cultura de R$ 50.

Como benefícios, o Banco do Brasil também oferece possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros e resultados, vale-transporte, auxílio-creche, auxílio a filho com deficiência, plano odontológico, assistência médica e previdência privada.

Atribuições

Cabe ao servidor a comercialização de produtos e serviços do banco, atendimento ao público, atuação no caixa (eventualmente), contato com clientes, prestação de informações aos clientes e usuários, redação de correspondências em geral, conferência de relatórios e documentos, controles estatísticos, atualização/manutenção de dados em sistemas operacionais informatizados e execução de outras tarefas inerentes ao conteúdo ocupacional do cargo.

Provas

Os interessados em concorrer no próximo concurso já podem ir se preparando, com base no conteúdo programático do último certame, realizado este ano, organizado pela Fundação Cesgranrio.

A avaliação foi composta de 70 questões objetivas, sendo 25 de conhecimentos básicos e 45 de conhecimentos específicos. A parte de conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa (dez questões), raciocínio lógico-matemático (dez) e atualidade do mercado financeiro (cinco). Já em conhecimentos específicos, cultura organizacional (cinco), técnicas de vendas (dez), atendimento (dez), domínio produtivo da informática (cinco), conhecimentos bancários (dez) e língua inglesa (cinco). Os candidatos também são submetidos a uma redação.   

Os aprovados ainda passam por perícia médica e procedimentos admissionais, de caráter eliminatório.

A instituição

O Banco do Brasil é uma instituição financeira constituída na forma de sociedade de economia mista, com participação da união brasileira em 68,7% das ações. Juntamente com a Caixa Econômica Federal, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o Banco da Amazônia e o Banco do Nordeste, o BB é um dos cinco bancos estatais do governo brasileiro.

Segundo dados do próprio banco, a empresa possui 15.133 postos de atendimento, distribuídos pelo país, entre agências e postos, sendo que 95% de suas agências possuem salas de autoatendimento, que funcionam além do expediente bancário. Possui, ainda, opções de acesso via internet, telefone e celular.

Possui mais de 5.000 agências, estando presente na maioria dos municípios do país, com uma estrutura de mais de 110 mil funcionários, além de 10 mil estagiários, 5.000 contratados temporários e 4.800 adolescentes trabalhando.      

Fonte: Com informações do JC