PI: Concursados deixam de ser chamados para ocupar vagas

PI: Concursados deixam de ser chamados para ocupar vagas

Após realização de concurso para preencher vagas no município, aprovados ainda esperam a contratação

Por ocasião da mudança de prefeitos, cerca de 86 concursados saíram no prejuízo no município de Uruçuí, no Sul do Estado. Ainda com a velha gestão, um concurso foi homologado no Diário Oficial da União, e obteve bastante participação e algumas aprovações. O acesso aos cargos pelos novos aprovados ia acontecer agora, mas a nova gestão não forneceu a posse às respectivas áreas.

Segundo consta, pelas informações recebidas, a prefeitura, ao invés de chamar os concursados, começou a contratar pessoas de maneira irregular para assumir os novos postos. Revoltado com isso e contabilizando um prejuízo imenso, Clenio Oliveira Barrense, que passou para a área de enfermagem no município, quer justiça.

?Agora queremos justiça, pois isso foi errado e não podemos sair com este prejuízo. Para nós, isso se constata com o tempo que passamos empenhados nos estudos para passar e com os gastos e outras quantias que foram custeadas dentro deste concurso?, esclarece indignado Clenio Oliveira.

O argumento utilizado pela prefeitura, segundo esclareceu o concursado, é que a prefeita não tem condições de pagar estas pessoas aprovadas. No entanto, é aí que este público fica ainda mais revoltado, tendo em vista que esta arca com custos muito maiores, como festas e outras atrações na cidade, carnavais e etc.

Com vistas a evitar estas fraudes, mais de 100 prefeituras já estão sendo investigadas em todo o Estado. Todavia, enquanto não é restituído, Clenio procura mobilização e ajuda para que a justiça seja cumprida.

O Jornal Meio Norte entrou em contato com a prefeitura de Uruçuí durante toda a manhã de ontem, dia 22. Contudo, nenhuma resposta ou esclarecimento sobre a situação foi obtido.

Fonte: Virgínia Santos e Thauana Cavalcante