Prazo para escriturário no Banco do Brasil está aberto para nível médio

A remuneração inicial é de R$2.732,04, sendo R$1.892 de salário, R$472,12 de auxílio-refeição e R$367,92 de cesta-alimentação

Estão abertas, desde as 10h da última quinta, dia 14 de março, as inscrições de um dos concursos mais aguardados, em âmbito federal: o de escriturário do Banco do Brasil. Poderão concorrer candidatos de ambos os sexos que tenham o nível médio. Embora, a seleção seja para formação de cadastro de reserva, o BB deverá efetuar um grande número de contratações. A remuneração inicial é de R$2.732,04, sendo R$1.892 de salário, R$472,12 de auxílio-refeição e R$367,92 de cesta-alimentação, para jornada de trabalho de 30 horas semanais. Ainda há outros benefícios, como possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional, participação nos lucros, plano de saúde extensivo aos dependentes, plano de previdência, auxílio-creche e auxílio para portador de deficiência.

Para se inscrever, o candidato deve acessar o site da Fundação Carlos Chagas (FCC), organizadora do concurso, até o dia 12 de abril. Quem não tem acesso à internet pode recorrer a um dos postos com computadores (veja no edital), das 9h às 12h e das 13h às 17h. Será preciso pagar uma taxa, no valor de R$40, até o fim das inscrições. Quem quiser poderá pedir isenção, somente de 11 a 13 de março, no site da FCC, sendo necessário comprovar estar inscrito no CadÚnico, ter renda familiar mensal igual ou inferior a três salários mínimos (R$2.034) ou ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo (R$339).

Os aprovados serão contratados sob o regime celetista. Além do Rio de Janeiro, são contemplados os estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e parte do Amazonas e de Santa Catarina. Os participantes serão submetidos a uma prova objetiva e uma redação, no dia 26 de maio. Serão propostas 60 questões, sendo 30 de Conhecimentos Gerais (contendo as disciplinas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Matemático e Atualidades do Mercado Financeiro) e 30 de Específicos (com as matérias de Cultura Organizacional, Técnica de Vendas, Atendimento, Domínio Produtivo da Informática e Conhecimentos Bancários).

Será aprovado no exame objetivo aquele que acertar 30% de Conhecimentos Básicos, ou seja, nove questões; 30% de Conhecimentos Específicos, que também correspondem a nove questões; e 40% do total de provas, que representam 24 questões. Serão corrigidas as redações dos 7.900 primeiros classificados na prova objetiva. Nesse caso, será aprovado quem conseguir, no mínimo, 50 dos 100 pontos totais.

Serviço

Inscrições: www.concursosfcc.com.br

Fonte: Folha Dirigida