Preparação intensa marca a disputa por uma chance na Marinha do Brasil

Os candidatos selecionados terão que passar por um curso de formação com duração de 39 semanas

A Marinha do Brasil está com inscrições abertas para preencher 68 vagas nos cargos de oficias intendentes e cirurgiões-dentistas. São 48 chances para oficiais intendentes com graduação em administração, contabilidade e economia e 20 para cirurgiões-dentistas, em diversas especialidades. Os candidatos selecionados terão que passar por um curso de formação com duração de 39 semanas e, se aprovados, ingressarão no cargo de segundo-tenente. Tanto homens quanto mulheres podem participar, mas é preciso ser brasileiro nato e ter pelo menos 29 anos no primeiro dia do mês de janeiro de 2015.

A própria Diretoria de Ensino da Marinha vai promover a seleção, que será composta por 50 questões de conhecimentos profissionais na área escolhida pelo candidato e redação, que deverá ter entre 20 e 30 linhas. Além disso, quem participar do certame precisará passar por inspeção de saúde, teste de aptidão física e verificação de dados biográficos. Só depois dessas etapas, os selecionados iniciarão o curso de formação. Kátia Del Cistia, coordenadora pedagógica do curso preparatório Sena, afirma que é preciso exercitar a redação, para treinar argumentação e desenvolvimento do tema, além de se habituar com o tempo e o limite de linhas permitido. ?Para fazer uma boa redação, é preciso ter amplo conhecimento de gramática, mesmo que a prova não cobre questões objetivas de língua portuguesa. O fato de falar e de escrever bem ou de ter boa argumentação não basta, e isso os candidatos só costumam perceber quando reprovam no exame?, diz. ?A maioria dos temas da redação são relativos à própria Marinha. Meu conselho é que os candidatos procurem saber sobre a instituição e sobre o que ela tem feito recentemente?, completa.

Evolução

A área de administração terá o maior número de vagas, com 44. Os cursos preparatórios não dão suporte para a prova de conhecimentos profissionais, apenas para a redação e estratégias de como realizá-la, mas, segundo o professor de administração do Ponto dos Concursos Vinícius Oliveira, é importante que o candidato conheça a evolução pela qual a administração passou ao longo do século 20 e as escolas da ciência que nasceram com ideias voltadas para o controle, com características burocráticas. ?Aos poucos, o comportamento humano ganhou espaço nas principais teorias administrativas. Hoje, a organização deve saber concatenar objetivos organizacionais com anseios individuais, sem deixar de usar as modernas ferramentas gerenciais para fazer frente à forte competitividade inerente aos dias atuais?, diz.

De acordo com o professor, nas últimas provas da Marinha, percebe-se a prevalência dos temas relacionados à estrutura organizacional, escolas de administração, gestão de processos e de qualidade, além das teorias relacionadas ao planejamento estratégico. ?Ao tratar de gestão de pessoas, o treinamento e desenvolvimento é tema recorrente. Aconselho basear os estudos pelos autores Idalberto Chiavenato e Antônio Cury, pois são os mais citados pela banca examinadora?, conclui.

Uma etapa comum nas provas militares é o teste físico. Nessa seleção, natação e corrida serão cobrados. Na corrida, para o sexo masculino, os candidatos terão que percorrer 2,4 mil metros em 16 minutos e, para as mulheres, o tempo é de 17 minutos. Já na natação, é preciso completar 25 metros em 50 segundos para os homens, e em um minuto para as mulheres.

Segundo o preparador físico para provas de concurso Rômulo César, os tempos para realização dos testes são longos, e qualquer um com uma preparação adequada é capaz de obter sucesso. ?Se alguém estiver sedentário, três meses é um bom tempo médio de preparação. É claro que é preciso analisar o histórico de condicionamento físico da pessoa, mas, se ela se preparar especificamente para esse percurso e tempo entre duas e três vezes por semana, conseguirá?, acredita. Para o dia da execução do teste, César recomenda manter a alimentação comum diária e não exagerar em alimentos pesados. ?É interessante se alimentar de carboidratos com baixo índice glicêmico e, se a prova for depois do café da manhã ou do almoço, é necessário um intervalo de uma a duas horas até o início da atividade física?, recomenda.

O que diz o edital

Vagas: 68

Cargos: oficial intendente e cirurgião-dentista

Remuneração: de R$ 8.050 a R$ 8.800

Inscrições: até 30 de abril

Taxa: R$ 45

Prova: a data será definida a partir de 16 de maio

Fonte: CorreioWeb