Promotoria pede cancelamento de processo seletivo da Sasc no PI

Promotoria pede cancelamento de processo seletivo da Sasc no PI

A Procuradoria expediu uma recomendação administrativa, requerendo a anulação do Edital

O edital n° 002 de 10 de outubro de 2013, da Secretaria da Assistência Social e Cidadania do Estado do Piauí (SASC), poderá ser cancelado pela 5ª Promotoria de Justiça de Teresina. O edital lançou processo seletivo para contratação de profissionais para atuar junto à Diretoria da Unidade de Atendimento Socioeducativo (DUASE).

A Procuradoria expediu uma recomendação administrativa, requerendo a anulação do Edital. De acordo com o documento devem ser contratados de forma temporária 47 educadores sociais do sexo masculino, cinco educadoras sociais do sexo feminino, três técnicos em enfermagem, três educadores físicos e um dentista.

A Promotora de Justiça Leida Diniz ressalta que a admissão de pessoal pela Administração Pública deve se dar, em regra, por meio de concurso público, e a contratação de temporários apenas pode ocorrer em situações excepcionais, previstas em lei.

"Os adolescentes que se envolveram em prática de ato infracional necessitam de acolhimento pelo CEIP, tendo eles o direito a uma proteção especializada de serviços de qualidade, e o processo de seleção simplificado não é suficiente para escolher o servidor mais competente e qualificado", reforça a representante do Ministério Público.

A recomendação da Promotora de Justiça também aponta a ausência de critérios objetivos de avaliação, uma vez que não estão claros os critérios da análise curricular a que seriam submetidos os candidatos, e não há qualquer detalhamento do conteúdo das entrevistas.

Fonte: Pollyana Carvalho