R$ 5,4 mil: Edital do Ibama com 61 vagas será divulgado em março

A seleção foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Está previsto para ser disponibilizado no mês de março, o edital do concurso do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) que vai preencher 61 cargos de analista administrativo, da carreira de especialista em meio ambiente. Segundo a assessoria de imprensa do órgão, a empresa que ficará com a responsabilidade de organizar o certame será definida em fevereiro.

A seleção foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), por meio da portaria nº 459 publicada no Diário Oficial da União do dia 26 de setembro de 2012. De acordo com o periódico, o prazo para a divulgação do edital de abertura era de até seis meses, mas havia a possibilidade da publicação ser antecipada.

A carreira exige nível superior em qualquer área (inclusive cursos de tecnologia) e registro no órgão de classe específico, quando for o caso. A remuneração inicial prevista, já inclusos gratificação e auxílio-alimentação, é de R$ 5.441,24. O analista administrativo é responsável por todas as atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo do Ibama, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Será o primeiro certame do instituto para a função. A maioria das vagas deverá ser lotada em Brasília (DF) e algumas poderão ser disponibilizadas em Estados como São Paulo e Rio de Janeiro.

Só em 2012 o Ibama recebeu autorização para realizar três concursos. O primeiro, com resultado já homologado, contava com 300 vagas de técnico administrativo (nível médio). No próximo domingo (20), acontecem as provas para o processo seletivo que busca preencher 108 ofertas de analista ambiental (nível superior). A organização de ambas as seleções coube ao Cespe/UnB.

O Ibama é responsável por exercer o poder de polícia ambiental e executar ações das políticas nacionais de meio ambiente, referentes às atribuições federais, relativas ao licenciamento ambiental, ao controle da qualidade ambiental, à autorização de uso de recursos naturais e à fiscalização, monitoramento e controle ambiental.

Fonte: UOL