Santa Catarina autoriza concurso para Policia Civil e pede novas nomeações

Aprovados serão convocados pela Acadepol para iniciarem o curso de formação – com duração de quatro a cinco meses.

O governo de Santa Catarina autorizou a realização de concurso público para a Polícia Civil do estado. Segundo o secretario de segurança pública, César Augusto Grubba, serão ofertadas 406 oportunidades sendo 66 delas para delegado de polícia substituto e 340 para agentes da corporação. O processo agora segue para a Delegacia Geral da Polícia Civil que fará o encaminhamento para a Academia da Polícia Civil (Acadepol), responsável pela escolha da empresa que irá organizar o certame.

Além disso, o governo estadual pediu a nomeação imediata de 59 escrivães de polícia, aprovados no concurso realizado em 2008 (e prorrogado em 2010). Aprovados serão convocados pela Acadepol para iniciarem o curso de formação ? com duração de quatro a cinco meses.

O concurso anterior em questão ofereceu 613 vagas para candidatos com nível superior completo. Do total de oportunidades, 361 foram para as funções de agente de polícia, 185 para escrivão de polícia e 67 para psicólogo. Houve exigência de nível superior em qualquer área para os cargos de agente de polícia e escrivão. Já para o posto de psicólogo, o candidato deveria ser formado em Psicologia. Os salários iniciais variavam de R$ 781,82 a R$ 1.813, 53. A avaliação foi dividida em cinco etapas: prova escrita, capacidade física, avaliação psicológica, exame toxicológico e investigação social.

Fonte: Correio Web