Secretaria Estadual de Saúde do PI aumenta para 889 número de vagas em concurso

Secretaria Estadual de Saúde do PI aumenta para 889 número de vagas em concurso

O concurso será organizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

A Secretaria de Saúde do Piauí acrescentou 12 vagas ao concurso público na área de saúde, que agora oferece 889 vagas (154 de nível médio e 735 de nível superior). Os salários variam de R$ 574,34 a R$ 4.027,01, para jornada de trabalho de 20 a 30 horas semanais. O concurso será organizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI).

As vagas compreendem os mais diversos cargos para nível superior, como assistente social, biomédico, psicólogo, enfermeiro, enfermeiro obstetra, enfermeiro perfusionista, enfermeiro de saúde pública, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, cirurgião dentista buco-maxilo facial, nutricionista, administrador hospitalar, administrador, farmacêutico-bioquímico, arquiteto, engenheiro civil, engenheiro elétrico, educador físico, terapeuta ocupacional, engenheiro clínico, bem como médicos, das mais diversas especialidades, como neurologista, plantonista e patologista.

Já para o nível médio, as vagas são para técnico de apoio administrativo, em patologia, em laboratório, em radiologia, em enfermagem e em contabilidade.

As inscrições devem ser feitas de 10 de outubro a 11 de novembro pelo site http://nucepe.uespi.br/. A taxa de inscrição custa R$ 120,00 para os cargos de médico, R$ 80,00 para os demais cargos de nível superior e R$ 40,00 para os cargos de nível médio. O cartão de informação que garante a efetivação da inscrição estará disponível a partir do dia 20 de dezembro.

A realização da prova escrita objetiva, com duração de quatro horas, terá 50 questões. A data de realização da prova será o dia 8 de janeiro de 2012, com início às 8h30 e término às 12h30 (horário do Piauí), sendo realizada nas cidades de Bom Jesus, Floriano, Parnaíba, Picos, São Raimundo Nonato e Teresina.

Fonte: G1