Site de carreiras aponta os principais erros que podem atrapalhar seu desempenho no emprego

Site de carreiras aponta os principais erros que podem atrapalhar seu desempenho no emprego

Não controlar as emoções e não fazer networking estão entre os equívocos

As carreiras profissionais não são feitas do dia para a noite, e por isso alguns erros podem atrapalhar o desenvolvimento do profissional sem que ele perceba que isso está acontecendo.

Alguns equívocos podem ser pequenos e facilmente contornados, mas outros podem acabar com a reputação do profissional e prejudicar seu futuro.

O Glassdoor, site de carreiras norte-americano, listou 5 erros que podem colocar em risco o futuro da carreira profissional:

1) Não usar as ferramentas que possui

Quando assume um novo cargo, o profissional define como seus objetivos fazer um grande trabalho, aprender o máximo possível e subir para uma posição superior. Mas muitas vezes as pessoas falham por não aproveitarem as ferramentas e recursos que estão nas suas mãos. Por isso, os profissionais devem aproveitar todos os treinamentos, palestras e cursos que são ofertados pela empresa. Ao usar todas as ferramentas, o profissional aumenta suas chances de avançar na companhia por ter aprendido novas habilidades.

2) Focar exclusivamente no seu trabalho

Os profissionais sempre querem mostrar seu trabalho e o que podem fazer em sua atual posição, mas isso não é o suficiente. É importante conhecer o ramo de atuação e saber o que está acontecendo na área. Se manter atualizado é uma forma de sempre parecer 'atraente' para as empresas.

3) Não controlar as emoções e o comportamento

Boas relações no ambiente de trabalho podem promover um bom nível de descontração, mas o profissional não deve deixar de controlar suas emoções e comportamento no ambiente de trabalho. Mesmo com uma bom relacionamento, algumas atitudes podem ser mal interpretadas por colegas de trabalho ou pelo chefe. Beber demais em confraternizações de fim de ano ou brigar com colegas por espaço na mesa não são atitudes bem vistas.

4) Perder oportunidades de fazer networking

O networking não deve parar mesmo quando o profissional conseguiu um emprego. Ele deve se tornar um 'modo de vida', se ele quer se movimentar dentro e fora da empresa.

Muitas pessoas não sabem o que outras fazem dentro da mesma organização, mas se o profissional fizer networking, ele não só saberá as funções de diversas pessoas, como vai aumentar sua rede de contatos e aumentar sua chance de encontrar novas posições no futuro.

5) Escolher o time errado

É normal ter preferências e mais afinidade com alguns colegas dentro do ambiente de trabalho, mas o profissional deve ficar atento para que isso não atrapalhe sua carreira. Por exemplo, o colaborado se alia somente ao seu chefe direto e quando ele é transferido, promovido ou demitido, esse profissional pode ser afetado negativamente, com perda de espaço e de reconhecimento.

A melhor opção é manter uma conduta profissional e ética, evitando fofocas ou favorecimento de colegas e chefes.
 

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: G1