Tem dúvidas sobre o que dizer para o chefe na hora do feedback? Veja dicas

Profissional pode falar sobre objetivos e seu papel no futuro da empresa

As avaliações de desempenho (feedbacks) não devem ser uma conversa de mão única. Além de saber o que o gestor pensa sobre o seu trabalho, o profissional pode aproveitar o momento de forma mais produtiva.

A reunião pode ser a hora de iniciar, por exemplo, o planejamento da carreira e a definição das metas do funcionário no futuro.

Segundo Jacob Shriar, da revista digital Real Business, o gestor quer que conversar como empregado e ouvir ideias e posicionamentos.

É importante lembrar que os empregados são parte do time, e o que a empresa espera é o crescimento e o desenvolvimento de todos.

Veja 7 coisas que você pode dizer ao chefe na hora do feedback:

1) O que você quer parar (ou começar) a fazer

O ambiente é propício para críticas, por isso certas posições serão melhor recebidas. Como o chefe vai falar o que ele quer ou não, o profissional também pode se sentir livre para fazer o mesmo. A atitude passa a impressão de proatividade.

2) Quais são os seus objetivos

Empregadores gostam de ver seus funcionários se esforçando para alcançar um objetivo e crescendo profissionalmente. Os líderes inteligentes entendem que um empregado que está crescendo será mais engajado e produtivo, o que representa um ganho para a empresa.

É importante que o profissional defina metas pessoais a serem alcançadas. O chefe pode ajudar a definir um ponto de referência para que o funcionário veja se está perto ou longe das suas metas na próxima reunião de avaliação.

3) Você está feliz?

Esta é provavelmente a coisa mais importante a dizer ao chefe, caso ele não pergunte. A felicidade do empregado está diretamente relacionada ao envolvimento do funcionários com a empresa, e um líder inteligente deve questionar isso.

4) Coisas que você quer aprender

Diga ao gestor novas habilidades que você quer ter ou coisas novas que quer aprender. É possível que a empresa possa ajudar por meio de cursos subsidiados ou oferecendo tempo para a busca dessas coisas.

Líderes inteligentes devem entender que o crescimento pessoal e profissional é importante, e se, por exemplo, o funcionário quiser aprender a tocar guitarra, a empresa deve ajudar e incentivá-lo a fazer isso. Líderes devem saber que, quando o profissional está feliz em sua vida pessoal, isso passa para a profissional.

5) Qual é o futuro da empresa e qual o seu papel

Essa pergunta deveria ser feita em todos os feedbacks, porque o funcionário pode conhecer como o empregador vê o futuro da empresa a longo prazo.

O empregado também pode explicar em qual posição gostaria de estar no futuro. Isso mostra que ele deseja crescer e que tem uma visão de longo prazo, assim como a empresa.

6) Inovações que você gostaria de tentar

O feedback é um bom momento para refletir como processos e projetos atuais podem ser otimizados. Assim, se o funcionário tiver uma ferramenta ou uma ideia nova, essa é a hora de falar com o chefe.

7) Obter informações

O ideal é usar essa oportunidade para obter o maior número de informações possíveis com o gestor. Os profissionais que realmente desejam crescer devem estar abertos e aceitar críticas.

Fonte: G1