Tribunal de Justiça de MG tem até o fim do ano para nomear concursados

A decisão proferida em julgamento pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsável por fiscalizar o poder judiciário

Os candidatos aprovados no concurso regido pelo edital n.01/2009 do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) ganharam um prazo final para serem nomeados e tomarem posse.

A decisão proferida em julgamento pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), responsável por fiscalizar o poder judiciário, determinou que o TJMG terá seis meses para alocar os aprovados no concurso de 2009, que é válido até janeiro de 2015.

O CNJ estipulou ainda a exoneração de todos os empregados contratados para exercer as funções dos servidores efetivos.

Diante da impossibilidade de abrir mão de tal força de trabalho em apenas seis meses, o tribunal pediu extensão do prazo para realizar as exonerações estabelecidas.

Com isso, o órgão deve anular todos os contratos vigentes em até um ano. E, para cumprir o prometido, o plano é que um terço dos funcionários contratados seja exonerado a cada quatro meses.

Fonte: CorreioWeb