TJSP republica edital de concurso e reabre o prazo para as inscrições

Agora, os interessados poderão se inscrever de 10 de março até as 23h59 do dia 11 de abril

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP) republicou o edital do concurso público para outorga de delegações de notas e de registro. O prazo de inscrições foi reaberto. Agora, os interessados poderão se inscrever de 10 de março até as 23h59 do dia 11 de abril, pelo site da banca organizadora, a Fundação Vunesp. A taxa de participação é de R$ 140.

A republicação do edital foi necessária, pois será adotado novo regime para o cálculo de títulos. Quem já tinha confirmado a inscrição, mas desistiu de participar do concurso tem até o dia 25 de março para pedir a devolução da taxa. A solicitação deve ser feita pelo e-mail [email protected] Veja o comunicado do órgão aqui .

O edital não informa o número de vagas, porém explica que dois terços delas serão destinadas a candidatos por provimento e o restante para remoção. O certame contará com prova objetiva, prova escrita e prática, prova oral e exame de títulos.

As oportunidades de provimento estão assim divididas: oficial de registro civil das pessoas naturais; oficial de registro civil das pessoas naturais e de interdições e tutelas da sede; tabelião de notas; oficial de registro de títulos e documentos e civil de pessoa jurídica; oficial de registro de imóveis, títulos e documentos e civil de pessoa jurídica; oficial de registro de imóveis, títulos e documentos, civil de pessoa jurídica e civil das pessoas naturais e de interdições e tutelas da sede; oficial de registro civil das pessoas naturais e tabelião de notas; e tabelião de notas e de protesto de letras e títulos.

Para remoção, os cargos oferecidos são: oficial de registro civil das pessoas naturais e de interdições e tutelas da sede; tabelião de notas; oficial de registro de títulos e documentos e civil de pessoa jurídica; oficial de registro de imóveis, títulos e documentos, civil de pessoa jurídica e civil das pessoas naturais e de interdições e tutelas da sede; oficial de registro civil das pessoas naturais e tabelião de notas; e tabelião de notas e de protesto de letras e títulos.

Aprovados serão lotados nas cidades de Adamantina; Agudos; Altinópolis; Andradina; Aparecida; Apiaí; Araçatuba; Assis; Auriflama; Avaré; Bananal; Bariri; Barretos; Bauru; Bebedouro; Birigui; Borborema; Botucatu; Bragança Paulista; Buritama; Cafelândia; Campinas; Cananeia; Capão Bonito; Cardoso; Casa Branca; Cerqueira César; Chavantes; Colina; Cosmópolis; Cunha; Dracena; Eldorado; Espírito Santo do Pinhal; Estrela d"Oeste, Fernandópolis; Franca; Galia; Garça; Getulina; Guararapes; Guarulhos; Igarapava; Iguapé; Itaí; Itapeva; Itapevi; Itápolis; Itaporanga; Jacareí; Jacupiranga; Jales; José Bonifácio; Laranjal Paulista; Lorena; Lucélia; Marília; Martinópolis; Miracatu; Mirante do Paranapanema; Mirassol; Mogi das Cruzes; Mogi Guaçu; Monte Aprazível; Monte Azul Paulista; Nhandeara; Novo Horizonte; Olímpia; Osasco; Osvaldo Cruz; Pacaembu; Palestina; Palmeira d"Oeste; Palmital; Paraguaçu Paulista; Paraibuna; Patrocínio Paulista; Paulo de Faria; Pedregulho; Penápolis; Piedade; Pirajú; Pirajuí; Piratininga; Pitangueiras; Pompéia; Pontal; Porangaba; Potirendaba; Presidente Bernardes; Presidente Prudente; Presidente Venceslau; Quatá; Queluz; Rancharia; Regente Feijó; Ribeirão Bonito; Santa Branca; Santa Fé do Sul; Santa Rita do Passa Quatro; Santo Anastácio; Santos; São Bento do Sapucaí; São Caetano do Sul; São Carlos; São Joaquim da Barra; São José do Rio Preto; São Manuel; São Paulo; São Pedro; São Sebastião; São Simão; São Vicente; Tambaú; Tanabi; Taquaritinga; Tatuí; Teodoro Sampaio; Tupã; Tupi Paulista; Urânia; Valparaíso; Viradouro; e Votuporanga.

Fonte: CorreioWeb