Tribunal Regional Eleitoral/MG prepara edital para técnicos judiciários; veja

outro ponto que deve ser definido nos próximos dias é o processo que será utilizado para escolher a empresa ou fundação organizadora

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) deve definir, ainda no decorrer desta semana, a quantidade de vagas e áreas de atuação que serão oferecidas em seu próximo concurso público para o cargo de técnico judiciário.

De acordo com a presidente da comissão do processo seletivo, Livia Heringer Lana Pentagna Guimarães, outro ponto que deve ser definido nos próximos dias é o processo que será utilizado para escolher a empresa ou fundação organizadora. Segundo ela, ainda será definido se a banca será contratada de forma direta ou haverá licitação. ?Somente quando estes procedimentos estiverem mais avançados será possível estipular uma data precisa de quando o edital poderá ser publicado, mas adianto que nossa intenção é iniciar o concurso ainda em 2014?, disse.

Para concorrer ao cargo é necessário apenas possuir ensino médio. Dependendo das áreas oferecidas, é possível que para algumas sejam cobrados também conhecimentos técnicos. A remuneração inicial da categoria é de R$ 4.635, incluindo gratificações. Além disso, como benefícios, o órgão também oferece auxílio alimentação, assistência médica e plano odontológico.

Uma das áreas previstas para constar no concurso é a administrativa, que pede apenas ensino médio. Neste caso, as atribuições estão relacionadas a atividades de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros e controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

Na ocasião, o concurso também abrangeu as áreas de contabilidade, enfermagem e programação de sistemas.

A organizadora foi o Cespe/UnB. Ao todo foram registrados 91.47 inscritos para a oferta inicial de 100 vagas. Somente para a área administrativa foram 85.098 inscritos para um total de 70 oportunidades.

Fonte: PCI - Concursos