Confira várias dicas para você acabar com a insônia

Confira várias dicas para você acabar com a insônia

Ter uma boa noite de sono é fundamental para aguentar as atividades e os contratempos do dia a dia.

Ter uma boa noite de sono é fundamental para aguentar as atividades e os contratempos do dia a dia. Afinal, além de se desligar dos problemas, durante o sono o corpo não acumula o cortisol, hormônio responsável pelo estresse e pela irritação. ?Quando uma pessoa dorme mal, ela pode apresentar dificuldade de concentração, de aprendizado, lapsos de memória, irritabilidade, mau humor e redução de reflexos.

Cronicamente, noites mal dormidas podem trazer danos irreversíveis à saúde, como o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e até degenerativas? alerta o neurologista Leandro Teles.

Mesmo assim, existem algumas pessoas que não conseguem dormir bem e isso se deve a uma série de fatores variados. Segundo o especialista, para uma boa noite de sono são fundamentais aspectos relacionados ao ambiente, ao indivíduo e ao comportamento, ou seja, nos casos mais simples, é necessário que a pessoa se atente a manter um ambiente propício ao sono, controle a ansiedade, o estresse, durma em horários regulares, pratique atividades físicas, etc.

Mas se isso tudo não funcionar pode ser que você sofra de insônia, um distúrbio que pode ser causado por questões hormonais, situações imprevisíveis, tendência genética, etc. ?Passar até três semanas sem dormir direito é considerado um caso de insônia aguda, geralmente fruto de situações específicas, como stress, sobrecarga de trabalho e preocupações, hábitos inadequados de sono, etc. Após esse período, a insônia já é considerada crônica, com tratamento mais trabalhoso e causas variadas?, afirma o Dr. Leandro.

Dicas para superar a insônia

Para que os medicamentos não sejam necessários e você consiga desligar a mente pelo menos durante a madrugada, confira alguns hábitos que podem contribuir para uma boa noite de sono.

- Manter uma regularidade é fundamental, por isso, procure dormir e despertar em torno do mesmo horário e tente não alterar demais essa rotina até mesmo em finais de semana e feriados (isso não é lá muito fácil).

- Reestruture seu ambiente de sono. Dê atenção ao conforto, silêncio, temperatura e iluminação.

- Desligue fontes luminosas diretas (celulares, tablets, notebook, televisor, etc.) cerca de 40 minutos antes do horário que deseja dormir. Prefira iluminação indireta e em baixa tonalidade.

- Não consuma álcool próximo ao horário de dormir, pois ele desorganiza o sono. Evite também estimulantes como a cafeína, que podem te manter agitado.

- Antes de deitar, consuma pouca quantidade de comida, opte por alimentos de fácil digestão e não abuse dos líquidos (para não ter que ir ao banheiro durante a madrugada).

- Pratique exercícios físicos regularmente, priorizando os aeróbios e ao ar livre. Mas atenção: evite atividade física nas duas horas que antecedem o sono.

- Faça alguma atividade de transição entre o trabalho e o sono. Leia, ouça música, assista televisão (só lembre-se de seguir a recomendação 3), tome um banho prolongado, enfim...qualquer atividade que desligue o cérebro dos problemas do dia a dia.

- Controle o peso e as doenças clínicas que atrapalham o sono. Só utilize medicamentos para dormir sob prescrição e acompanhamento médico.

Fonte: UOL