Confirmado terceiro caso de morte por dengue no Piauí

O novo boletim epidemiológico sobre a incidência da dengue no Piauí mostrou o aumento no número de casos da doença e o registro de uma nova morte

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), através da coordenação de Vigilância Ambiental, divulgou na manhã de sexta-feira (11) o novo boletim epidemiológico sobre a incidência da dengue no Piauí, confirmando o terceiro óbito causado pela doença. O comparativo mostra, em dados, a situação da dengue deste ano e do mesmo período em 2013 e diz respeito à 28ª Semana Epidemiológica.

Os casos de dengue agora somam 4.427, com 100 municípios com casos confirmados, sendo 24 deles com alta incidência, 30 com média incidência e os demais com baixa incidência. São 10 casos de dengue grave confirmados e três óbitos por dengue grave. Teresina continua sendo o município com o maior número de casos.

A segunda morte foi confirmada no início do mês de julho, vitimando uma mulher, que segundo a Sesapi tinha 25 anos e morava em Cocal de Telha, região Norte do Estado. O primeiro óbito provocado pela doença aconteceu em maio e a vítima era um mecânico de Teresina.

?Todas as medidas de costume já estão sendo tomadas e, agora, reforçadas: o controle do vetor, a vigilância epidemiológica dos casos e o cuidado voltado para a assistência a esses casos. Inseticidas estão sendo amplamente distribuídos, temos solicitado que os secretários municipais de saúde façam o levantamento adequado do índice de infestação predial em seus municípios, porque aí poderemos conhecer melhor as áreas de risco. Além disso, os agentes de endemias continuam seu trabalho intenso, bem como a utilização dos carros-fumacê, entre outras ações?, reiterou Telma Evangelista, diretora de Unidade de Vigilância e Atenção à Saúde da Sesapi.

Fonte: JMN