CFM condena quatro médicos por morte de representante comercial

CFM condena quatro médicos por morte de representante comercial

O caso foi denunciado no Conselho Regional de Medicina (CRM), no Ministério Público e na Secretaria Estadual de Saúde.

O representante comercial Raimundo Pereira Gomes, 59, sofreu um acidente de carro em maio de 2005, em Coelho Neto, no Maranhão. A família, que morava no Teresina, foi ao local e conseguiu transportar a vítima para o Pronto Socorro do Hospital Getúlio Vargas.

Os familiares procuraram pelos corredores os médicos de plantão que, muitas horas depois, não conseguiram fazer nem a drenagem e também nenhum outro procedimento no paciente, que veio a óbito no dia seguinte com costelas quebradas e pulmão perfurado em consequência do acidente.

A família processou os médicos que estavam de plantão naquela noite. O caso foi denunciado no Conselho Regional de Medicina (CRM), no Ministério Público e na Secretaria Estadual de Saúde.

Nove anos depois saiu o resultado no Conselho Federal de Medicina: foram condenados Abmael Soares, Lindomar Dutra, Derivaldo Gomes e Mildo Oliveira por negligência médica. A punição deles será por meio de Censura Pública, que é a veiculação da decisão do Conselho Federal de Medicina, através de um edital no Diário Oficial e num jornal de grande circulação.

Fonte: Denison Duarte