Construção de gasoduto Meio-Norte com 948km beneficiará PI, MA e CE

O gasoduto terá vazão de 5,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

A construção do gasoduto Meio-Norte, com extensão de 948 quilômetros e vazão de 5,5 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia e com capacidade para abastecer os Estados do Piauí, Maranhão e Ceará . Essa foi uma das pautas discutidas ontem, na reunião da Seminper e Sudene com as Distribuidoras de gás do Piauí, Maranhão, Ceará e a TMN Transportadora.

A ocasião foi um momento de integração entre os três estados que serão beneficiados pelo gasoduto Meio-Norte. Além da construção, foram colocados em pauta o mercado do gás e todas as vantagens que os estados terão com a implantação do gasoduto.

?A discussão é acerca da possibilidade de financiamento do gasoduto de transporte de gás natural. Com o gás natural temos energia mais barata e isso atrai mais investimentos?, explica o secretário de Mineração, Petróleo e Recursos Renováveis, Tadeu Maia Filho, ao ressaltar que agora o intuito é viabilizar uma linha de crédito para que esta financie a construção do gasoduto entre os estados.

Presente na reunião, o gestor da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), Luiz Gonzaga Paes Landim, colocou que os recursos para a construção da obra devem ser provenientes da Sudene, do Governo Federal e da iniciativa privada. No Estado, o abastecimento da fábrica da Suzano é uma das utilizações do gás natural. Além disso, a conversão da frota de táxi e outros veículos e o setor residencial e comercial serão beneficiados.

O projeto do gasoduto engloba 37 cidades, sendo 13 do estado do Ceará, dez do Piauí e 14 do Maranhão. O gasoduto Meio-Norte deve sair do município cearense de Caucaia (CE), passando por Teresina e terminando em São Luís (MA).

Fonte: Aline Damasceno