Construção do Hospital do Monte Castelo tem atraso de 3 anos

A construção continua, junto com a revolta dos moradores do bairro e das imediações.

CONFIRA A MATÉRIA COMPLETA NO JORNAL MEIO NORTE DESTA QUINTA-FEIRA (05)

Por: Márcia Gabriele

O atraso das obras de reforma e ampliação da Unidade de Saúde Dr. Miguel Couto, conhecido por Hospital do Monte Castelo, situado na Zona Sul de Teresina, ultrapassa três anos, ou seja, são exatos 3 anos e 5 meses, desde o início da construção. Até então, a população que aguardava esperançosa por melhores atendimentos de saúde, hoje, já não possuem a mesma empolgação de antes.

A obra do hospital está orçada em mais de R$ 2,4 milhões e já estiveram sob o comando duas empresas. A última a assumir a obra, iniciou no dia 18 de junho de 2014 e deu como prazo de entrega, o dia 18 de novembro de 2014, isto é, o hospital estaria pronto em cinco meses. Mas isso não aconteceu! A construção continua, junto com a revolta dos moradores do bairro e das imediações.

O Hospital do Monte Castelo era responsável por atender a demanda de boa parte da zona sul de Teresina e oferecia consultas eletivas, atendimento de urgência, vacinas, marcação de consultas, internações e outras.

Fonte: Márcia Gabriele