Motociclista que sofreu acidente em Esperantina não resistiu aos ferimentos

Motociclista que sofreu acidente em Esperantina não resistiu aos ferimentos

Rivelino, foi colhido de forma violenta, por uma moto em alta velocidade.

Faleceu na madrugada desta sexta-feira (27), na Unidade de Tratamento Intensivo ? HUT da capital teresinense, o mestre de obras esperantinense, Raimundo Nonato da Silva de 65 anos de idade, conhecido popularmente na cidade, como, Rivelino.

Rivelino, foi colhido de forma violenta, por uma moto em alta velocidade que era pilotada no momento do acidente pelo motoqueiro, Joel Rodrigues de 30 anos de idade, que reside no Bairro Santa Luzia. O acidente ocorreu por volta da meia noite do último dia (24/12), no momento em que o mestre de obra fazia a travessia da referida Avenida a pé.

Embora o mestre de obras tenha sido socorrido as pressas, mas mesmo assim, não resistiu aos ferimentos por toda a parte do corpo e acabou falecendo por volta das 04:00 horas da madrugada de hoje.

O corpo do mestre de obras, vai ser velado na sua própria residência, situada na Rua Francisco Edson Alves, próximo a Igreja Evangélica Missão Pentecostal, localizada nas imediações da Avenida Petrônio Portela.

Já o seu sepultamento acontecerá no próximo sábado (28/12), no Cemitério Santa Teresinha, situado no Bairro Canto da Velha.

Fonte: Jornalesp