Construtora comete gafe e grafa nome do Corinthians com erro

Homens se reúnem em Itaquera para dar início as obras do Estádio do Corinthians

O início simbólico da construção do Estádio do Corinthians foi marcado por uma gafe da Odebrecht. Antes de as máquinas serem ligadas, na manhã desta segunda-feira, a construtora fixou a placa, que é assinada pelos engenheiros responsáveis pela obra, com um pequeno detalhe: o nome do clube não foi escrito corretamente.

Em vez de "Sport Club Corinthians" - inspirado no time inglês Corinthian Football Club -, a placa aportuguesou parcialmente o nome, grafando-o como "Sport Clube Corinthians". O erro não foi notado por ninguém talvez pelo fato de nenhum dirigente do clube estar presente no local.

Apesar da gafe, a construção do estádio finalmente teve início. Depois de cinco meses de atraso, com seguidas mudanças de prazo, duas escavadeiras, dois tratores, três caminhões e 20 operários iniciaram os trabalhos comandados pela construtora na área de 197.095m².

A previsão de entrega é para dezembro de 2013, seis meses antes do Mundial. O Corinthians e as principais autoridades políticas pleiteiam a partida inaugural do torneio no local. Estima-se que sejam gastos cerca de R$ 650 milhões com o estádio para capacidade de 65 mil lugares.



Fonte: Terra, www.terra.com.br