Consumidores encontram barata dentro de cerveja e entram com ação na Justiça

Consumidores encontram barata dentro de cerveja e entram com ação na Justiça

Consumidores entram na justiça contra Ambev por encontrarem barata em cerveja

Três consumidores do município de Timon entraram nos últimos dias com uma ação na justiça contra a empresa Ambev por terem encontrado uma barata em uma garrafa de cerveja. O inseto somente foi percebido quando verificaram a data de validade da bebida, após sentirem um sabor estranho.

O advogado Márcio Backman vai pedir uma indenização e já entrará com uma medida cautelar que visa impedir a venda da bebida no município maranhense. ?A cada dia nós vemos pessoas denunciando por encontrarem não só insetos, mas objetos em alimentos e bebidas. Isso não pode acontecer porque nós temos os órgãos de fiscalização.? O advogado afirma que já foi solicitado à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) e aos governos municipal e estadual que realizem as devidas fiscalizações.

Um comerciante conhecido por Mota, também de Timon, chegou a encontrar um pedaço de isopor dentro de uma cerveja Antártica e uma borracha dentro de um refrigerante Kuat. ?Vários clientes têm reclamado por encontrar sujeira no fundo do copo que está tomando cerveja. Eu não queria acreditar. Depois que me deparei com essa situação dessas garrafas tive que acreditar.?

O comerciante assegura que depois de avisar aos fornecedores acerca dos problemas encontrados nenhuma providência foi tomada. Outro caso ocorrido há dois meses em Teresina é o do policial que encontrou recentemente um rato dentro de uma garrafa de refrigerante, fato noticiado pela Rede Meio Norte. O consumidor também está processando a empresa.

VEJA A REPORTAGEM

Fonte: Denison Duarte