Contribuinte deve ficar atento a restituição junto a Receita Federal

Segundo a Receita Federal, os que procederam no prazo (1 ano), após isso se tudo estiver nos conformes, o contribuinte será ressarcido

CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA NA EDIÇÃO DESTA QUARTA-FEIRA (10) DO JORNAL MEIO NORTE

A Receita Federal liberou na última segunda-feira (8) para o ano de 2014, o último lote de restituição do Imposta de Renda. Quem perdeu o prazo caiu na Malha Fina, quem em alguns casos, resulta na investigação mais enraizado sobre o contribuinte por parte da Receita Federal. Já para os que fizeram dentro do prazo, deve acompanhar junto ao Banco do Brasil, para assim, resgatar seu dinheiro.

Segundo a Receita Federal, os que procederam no prazo (1 ano), após isso se tudo estiver nos conformes, o contribuinte será ressarcido. “A restituição poderá ser requerida pelo contribuinte no prazo de 5 anos contados da data em que a restituição foi encaminhada para o banco”. Em seguida, ele deverá entrar em contato com “A Central de Atendimento do Banco do Brasil por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) ou pessoalmente com qualquer agência do Banco do Brasil S.A”.

Para os que, por alguma causalidade, não conseguiram retirar dentro do prazo, e entraram na Malha Fina, primeiramente deverão checar as pendências que foram encontradas pelo Fisco (questões relacionadas com atividades financeiras) na sua declaração do imposto de renda de 2014, disponível no site da Receita Federal, por meio do link da Central de Atendimento.

Repórter: Daniely Viana

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Daniely Viana