Corpo de bebê que caiu da varanda será enterrado nesta segunda

Criança de 1 ano e 4 meses caiu do 4º andar de prédio na Barra da Tijuca.

O corpo do bebê de um ano e quatro meses que morreu ao cair da varanda de um apart-hotel na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, será enterrado nesta segunda-feira (31) no Cemitério Campo da Esperança. O velório está marcado no mesmo local para o começo da manhã, e o enterro acontece em seguida. Neste domingo (30), o corpo está a caminho de Brasília.

No sábado (29), a Polícia Civil do Rio interditou os apartamentos vazios do apart-hotel Paradiso, onde o menino morreu.

A criança, o menino Henrico Salazar Padilha, caiu de um vão da varanda da varanda do quarto andar do prédio, na última sexta (28). A tragédia está sendo investigada como crime de homicídio culposo ? quando não há intenção de matar.

Os pais da criança, que moram em Brasília, tinham acabado de chegar ao Rio pra comemorar o réveillon. Segundo o delegado adjunto da 16ª DP (Barra da Tijuca), Robson Gomes, o pai contou, em depoimento, que a família subiu até o quarto com o maleiro do hotel e, enquanto ele recebia as malas e pagava o funcionário, a mãe e o bebê ficaram na varanda aguardando. Ainda o relato do pai, o menino teria caído no momento em que a mãe se virou para falar com ele.

Peritos foram até o hotel e, segundo eles, há um espaço entre os vidros da varanda de cerca de 40 centímetros, que permite a passagem de uma criança pequena. A polícia aguarda os laudos finais da perícia e do Instituto Médico Legal (IML) para dar prosseguimento às investigações.

De acordo com o delegado, na próxima semana, os responsáveis pelo hotel, pela construção do prédio e pela fiscalização da estrutura do imóvel serão chamados a depor. O objetivo é apurar se o hotel teve alguma responsabilidade no caso.

Em nota, o Condomínio Residencial Paradiso lamentou o ocorrido e informou que vem prestando toda a assistência à familia e está acompanhando de perto a conclusão do inquérito.

Fonte: G1