Corpo de empresário que estava na raia olímpica da USP é encontrado

Everaldo praticava stand up paddle, remo em cima de prancha de surfe.

Os bombeiros encontraram por volta das 10h desta terça-feira (25) o corpo do empresário de 42 anos que estava desaparecido desde a noite desta segunda-feira (24), na Universidade de São Paulo (USP), no Butantã, na Zona Oeste da capital paulista. Everaldo Miranda, de 42 anos, praticava stand up paddle, tipo de remo em cima de uma prancha de surfe, na raia olímpica. Os familiares reconheceram o corpo e ficaram muito emocionados.


Corpo de empresário que estava na raia olímpica da USP é encontrado

De acordo com informações do 4º Grupamento, no Butantã, o socorro foi acionado às 22h por uma pessoa que viu os equipamentos flutuando na raia olímpica, sem que houvesse nenhum atleta por perto.

Não há correnteza na raia olímpica, que tem 6 metros de profundidade e 2,5 km de extensão. Segundo o Bom Dia São Paulo, ele praticava essa modalidade esportiva havia cerca de duas semanas. No momento em que ele desapareceu, entre 18h30 e 19h, chovia forte.

O empresário treinava com um grupo de atletas ligados ao Corinthians. Quando começou a chover, eles começaram a deixar a raia olímpica euma parte da equipe observou o equipamento do empresário flutuando. A reportagem tentou entrar em contato com o clube, mas não teve retorno.

Os bombeiros descartam que ele tenha sido atingido por um raio. ?A gente trabalha com a hipótese de afogamento?, afirmou Henguel Ricardo, capitão do Corpo de Bombeiros. Durante a noite, os mergulhos foram suspensos, mas as buscas visuais continuaram.

Fonte: G1