Corpos de Cristiano Araújo e namorada são velados em Goiânia

Os dois morreram após acidente nesta madrugada na BR-153

Amigos, parentes e fãs compareceram ao velório do sertanejo Cristiano Araújo, na noite desta quarta-feira, 24, no Palácio da Música, localizado no Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia.

O corpo da namorada do sertanejo, Allana Moraes Coelho, também é velado no local.

Os dois morreram após acidente nesta madrugada na BR-153, entre as cidades de Goiatuba e Morrinhos, em Goiás.A cerimônia foi aberta inicialmente apenas para a família - o público começaria a entrar às 19h, mas as portas só foram abertas um pouco antes das 20h, quando uma fila gigantesca já havia se formado na entrada do local.

Segundo a família, o Palácio da Música vai ficar aberto ao público durante toda a madrugada para que os fãs possam prestar suas homenagens ao cantor. O corpo de Cristiano chegou por volta das 18h20 e o caixão foi aberto. Um dos momentos mais emocionantes foi quando o caixão de Allana foi aberto.

Uma equipe de socorristas permaneceu todo o tempo no palco, em caso de alguém passar mal.

Rafael Vanucci, parceiro em algumas canções de Cristiano e amigo dele, estava na cerimônia. Ele revelou que, no começo desta noite, os filhos de Cristiano ainda não sabiam de nada: "Eles são muito pequenos . Um tem 7 anos e o outro 2 anos e meio."A família do cantor está muito abalada, segundo Vanucci, que também deu toda a entrevista aos prantos.

"Não está fácil. Está todo mundo abalado . Além da família dele, ele tinha 60 pessoas na equipe, 60 pais de família, que perderam um amigo, um patrão, o trabalho, a esperança .

Estamos tirando força sei lá de onde pra fazer uma despedida que ele merece".

Guilherme, da dupla Guilherme e Santiago lembrou que a última vez que esteve com Cristiano foi durante a gravação do DVD de Israel Novaes, em Brasília. O cantor disse que os encontros sempre foram marcados por muita alegria. Guilherme também comentou sobre os perigos enfrentados por eles ao seguirem para casa após um show pelas estradas do país.

"A gente procura minar todos os perigos. Por mais que nossas atitudes possam parecer imprudentes, de voltar para casa após o show para cumprir outros compromissos, fazemos tudo com segurança e consciência dos riscos. Vez ou outra a segurança fala e acontecem os acidentes. Mas esse não será o último e nem foi o primeiro. Mas temos que usa isso como exemplo de conscientização."

A dupla Ricardo e Thiago e o cantor Mariano, da dupla com Munhoz, também estava no velório, mas abaladado, não quis dar entrevistas. As homenagens para Cristiano não param, no local da cerimônia havia mais de trinta coroas de flores por volta das 19h.

A irmã de Cristiano, Ana Cristina Melo Araújo, chegou ao velório chorando muito, acompanhada por amigos e familiares. Durante a cerimônia, o irmão do cantor, Felipe Araújo - que também tem uma dupla sertaneja - era um dos mais emocionados e permaneceu por muito tempo ao lado do caixão.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações: Ego