Corpos de família encontrada morta irá passar por autópsia

Corpos de família encontrada morta irá passar por autópsia

Corpos foram encontrados em BR-174 e chegaram no IML por volta de 20h.

Os corpos de Levy Oliveira Nascimento, de 32 anos, da esposa, Gislane Santos Mesquita Nascimento, 34, e do filho do casal, Ian Levy Mesquita Nascimento, de 6, chegaram a Manaus na noite desta terça-feira (29). A família amazonense que estava desaparecida após viagem para Roraima pode ter morrido em acidente na sexta-feira (25), segundo hipótese da polícia.

Os corpos foram encontrados na manhã desta terça (29) dentro do carro da família, submerso em um lago na Reserva Indígena Waimiri-Atroari, no km 235 da BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, e chegaram ao Instituto Médico Legal (IML), em Manaus, por volta das 20h10, em avançado estado de decomposição.

Durante a noite, nenhum familiar foi até o IML para liberar os corpos, portanto, ainda não há informações sobre horário do velório, que deverá ser realizado em uma igreja evangélica no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. A autópsia nos corpos está sendo realizada na noite desta terça e deverá indicar a causa da morte das três pessoas.

Entenda o caso

A Polícia Rodoviária Federal no Amazonas (PRF-AM) confirmou a morte da família desaparecida desde a sexta-feira (25). De acordo com a PRF, os corpos foram encontrados dentro do carro do casal em um lago nas proximidades do km 235, da BR-174, área da reserva indígena Waimiri-Atroari, na manhã desta terça-feira (29).

Segundo a polícia, o representante comercial Levy Oliveira Nascimento, de 32 anos, a esposa, Gislane Santos Mesquita Nascimento, de 34 anos, e o filho do casal, Ian Levy Mesquita Nascimento, 6 anos, teriam capotado com o veículo no dia do desaparecimento.

Levy, Gislane e Ian saíram de Boa Vista (RR) na sexta e desapareceram antes de chegar à Manaus, segundo familiares e amigos. O último contato com a família, que mora na capital amazonense, ocorreu às 10h48 de sexta-feira (25), quando estavam de saída da cidade. O veículo utilizado pela família era um Honda City, de cor cinza escuro e de placa NON-9378.

Eles seguiram pela BR-174, rodovia que liga os dois estados. De Boa Vista até Manaus são aproximadamente 785 km. Seguindo de carro, o percurso pode durar de 8 a 10 horas com velocidade entre 80km/h a 110km/h, velocidade permitida na rodovia.

Davi Nascimento, irmão do representante comercial, informou que Lev foi para Boa Vista na segunda-feira (21) a trabalho e, na quarta-feira (23), a esposa e o filho chegaram à cidade de avião para fazer compras na Venezuela. "Eles vieram para voltarem todos juntos de carro para Manaus. Na quinta-feira [24], provavelmente, eles seguiram para Santa Elena [de Uairén] e na sexta-feira saíram de Boa Vista sentido Manaus, mas até agora não temos informações deles", relatou.


Corpos de família encontrada morta passam por autópsia em Manaus

Fonte: G1