Cozinha Comunitária da UESPI é aberta aos estudantes do programa Auxílio Alimentação

O programa tem o total de 762 refeições, para todos os campi da UESPI.

A Cozinha Comunitária da Universidade Estadual do Piauí- UESPI,  deu início às suas atividades nesta segunda-feira (03). O projeto faz parte do Programa Auxílio Alimentação, que possui recurso do Programa Nacional de Auxílio ao Estudante (PNAEST). A parceria começou a partir da adesão da UESPI ao SISU.

O Programa Auxílio Alimentação selecionou estudantes da UESPI através do Edital PREX nº 029/2014 para serem beneficiários. Seguindo o edital, a seleção foi destinada aos alunos da UESPI, regularmente matriculados em cursos de Graduação da UESPI, sendo prioritariamente Alunos Cotistas, que comprovaram renda per capita mensal de até 1/2 (meio) salário mínimo (conforme Portaria Normativa no 25, de 28 de Dezembro de 2010/MEC e Termo de Referência do Convênio N.o 791690/2013). “Verifica-se o perfil do aluno, antes de tudo observando se ele é aluno cotista, do sistema de cotas da escola pública, e observando também a condição socioeconômica deste aluno, o que define critério para ele ser beneficiado pelo programa Auxílio Alimentação, com uma refeição diária”, explicou a Assistente Social, Amélia de Souza.

o primeiro dia de funcionamento da Cozinha Comunitária, o Reitor Nouga Cardoso e os Pró-Reitores da UESPI visitaram as instalações do local. A Pró-Reitora de Ensino e Graduação, Ailma do Nascimento, ressaltou a importância do programa Auxílio Alimentação e do funcionamento da Cozinha. “Vai facilitar a vida dos nossos alunos, que vão poder permanecer mais tempo na instituição. Essa possibilidade de maior permanência do estudante na universidade permite desenvolver outras atividades acadêmicas, além do ensino”, explicou.

O programa tem o total de 762 refeições, para todos os campi da UESPI, sendo que 200 destas refeições são para o Campus Torquato Neto, em Teresina. O campus Clóvis Moura e CCS também são contemplados pelo programa. “A refeição é gratuita para os alunos beneficiários do programa. Esse não é um recurso em forma de bolsa, de auxílio financeiro, mas sim na forma de refeição. O aluno recebe gratuitamente essa refeição em todos os dias letivos”, explicou o Pró-Reitor de Extensão, Luiz Gonzaga.

Entre os estudantes que fazem parte do programa e almoçaram neste primeiro dia de funcionamento da Cozinha, estão Dalila de Carvalho e Kelvin Thales. Dalila, que é estudante do 2° período do curso de Biologia da UESPI, veio da cidade de Oeiras para estudar em Teresina. “Soube do edital, me inscrevi e passei na seletiva. A comida é de ótima qualidade e o lugar é agradável”, declarou.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Uespi